Header Ads

Problemas também na Rua Tupinambás

Problemas também na Rua Tupinambás
Por Rosemarie Freitas

Pedimos ajuda para a Rua Tupinambás que está completamente esquecida pelo poder público! Os assaltos são frequentes, talvez estimulados pela iluminação precária, muitos buracos (taparam os buracos até o meio da rua e esqueceram o final) e o lixo não tem sido retirado com a regularidade de antes. Sem falar nos carros mal estacionados ou em locais indevidos, dificultando a movimentação de outros carros e até mesmo das pessoas. Pagamos altos impostos, inclusive IPTU caríssimo, porque a rua é considerada zona nobre. Não basta o esgoto do canal, cuja obra, ao que nos parece, foi concluída, deixando destruição dos passeios e sujeira, ainda temos que conviver com a insegurança?

Confira mais problemas do bairro em: Sabe de nada inocente!

7 comentários:

  1. Temos muitos problemas, mas segurança é o mais imediatos. Todos os dias ouvimos relatos de vizinhos assaltados, violência, na madrugada de terça para quarta-feira acordei com os estampidos de 2 tiros. Como podemos nos organizar junto à delegacia do bairro, para obter mais apoio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disponibilizamos também os telefones a seguir para situações que a Polícia Militar possa ser-lhes útil:

      3116-7907,
      9978-6587 e
      9611-0343, todos funcionando 24h.

      Att., André Ricardo - Maj PM
      Comandante

      Excluir
    2. Nesta página no lado direito encontrará mais numeros telefonicos e outras ferramentas.

      Excluir
  2. Com a palavra o Major André, comandante da 12ª CIPM, responsável pelo policiamento do bairro

    ResponderExcluir
  3. Xiii !
    Não é só na Tupinambás, mas em todas as Ruas do Bairro. Eu estou sempre bem informado. Querem saber de onde vem tantos marginais? A maioria absoluta desses bandidos vem lá do final da Rua Maragojipe. É de lá que a maioria absoluta desses bandidos saem porque a Rua Maragojipe foi invadida com a conivência da Prefeitura e se transformou num perigoso beco estreito com menos de um metro de largura onde até a Policia sente arrepios.

    Querem melhorar a segurança?

    Soltem o bandido Prisco. A nossa ex "gloriosa PM" só vai agir com rigor quando soltarem o bandido Prisco. Sem a soltura do bandido Prisco, nada feito!

    A que ponto nos, cidadãos comuns, bando de idiotas pagadores de impostos, chegamos!

    Esse bandido Prisco é muito esperto! Dias antes da greve, quando ele percebeu que ia ser preso por conta da ação movida pelo Ministério Público, rapidamente cuidou de reunir os militares e encetou novo movimento de greve e que culminou numa tragédia para milhões de cidadãos e centenas de comerciantes que agora estão falidos por conta dos saques e arrombamentos. Os prejuízos foram enormes.

    Se eu fosse o Governador procurava saber qual foi o montante desse prejuízo e descontava mensalmente nos salários dos militares grevistas.

    Conclusão: Ninguém confia mais na Policia Militar porque agora eles passam a imagem de Prisco.

    Se a Constituição proíbe a greve para militares e eles estão insatisfeitos com as suas funções, por que eles não pedem para dar baixa (demissão) e vem para a iniciativa privada onde um cidadão com nível superior ganha em média mil e quinhentos reais?

    Se as regras do jogo foram quebradas e os Militares rasgaram a frágil constituição então vamos também desrespeitar a Lei do desarmamento (menor que a constituição) e andar armados para nos defender já que a PM parou e não inspira mais a confiança de antes. Essa é a minha opinião.

    Acho que estamos a um passo do retorno da Ditadura. ACM é neto do ACM e já mostrou a cara. IPTU exorbitante, foto sensores espalhados em cada esquina...e por aí vai.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite a todos,
    Sou moradora do Rio Vermelho desde que nasci, já se vão 40 anos, adoro nosso bairro, mas a situação da segurança está realmente difícil. Falo da rua Tupinambás porque é onde moro. Os assaltos são frequentes! E se trata de rua sem saída, em tese, mais fácil de controlar. Há vigilância particular e de nada adianta. Qual a alternativa? Fechar a rua? Padronizar um adesivo para os carros?
    Vi a postagem do major André Ricardo e agradeço. Já copiei os números. Mas peço atenção especial para a Tupinambás porque a coisa está frequente!!
    Obrigada,
    Carla

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.