Header Ads

Nada prá ninguém

Nada prá ninguém Algumas pessoas acordaram cedo para procurar na beira da praia presentes recusados pela rainha das águas. Mas desse vez tiveram que retornar de mãos praticamente vazias. Fora alguns balaios jogados nas pedras, na areia só mesmo muito sargaço e alguns objetos de plástico recusados. Diz a lenda que quando os presentes não voltam é porque agradaram Iemanjá. Esse ano o Bairro-Escola Rio Vermelho desenvolveu uma campanha no sentido de conscientizar os devotos para depositarem no mar somente elementos biodegradáveis. Muitos atenderam ao apelo, mas, infelizmente, ainda tem gente que insiste em levar espelhos, pentes, bijuterias e outros objetos de plástico que levam séculos no fundo do mar para se decompor prejudicando o ecossistema.

Nada prá ninguém

2 comentários:

  1. Eu vi a praia como estava esta manhã Maré baixa e muito sargaço. Eu achei interessante o termo " bioagradável " - Claro que entendi, mas tive o temor de que muitas pessoas pudessem pensar se tratar de um engano ,porque ,na verdade ,se desejava dizer biodegradável.. Bem . No próximo anos o assunto estará melhor explicado para quem não entendeu e ainda leva frasquinhos e espelhos

    ResponderExcluir
  2. É minha senhora, se Iemanjá gostou ou não, eu não sei. Mas hoje, após um rápido mergulho da praia de santana até ondina, pude constatar o crime ambiental praticado por devotos. Cestos, colares de vários materiais, pedaços de pano, lenços, latas e garrafas das mais variadas bebidas com destaque para as cervejas, velas, tachos, flores mortas, frangos mortos, fraldas descartáveis etc. Mas é verdade quando afirma que a prefeitura e entes atuantes no bairro estão se emprenhando bastante...é que é tanto absurdo que vamos precisar de anos para que todos consigamos um bairro ou uma cidade melhor para se viver.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.