Header Ads

O que fazer na Casa da Mãe! Semana 05 e 06/2016

O que fazer na Casa da Mãe! Semana 05 e 06/2016
Show especial no Presente de Yemanjá, Sarau Comidinha de Panela, Roda de Choro, Show com Ione Papas e Yara Canuto, Show Dançante Diva Box, Show da Banda Giramente, Show Samba-que-Roda com a carioca Marina Iris, Cinq Jazz a La Carte e Festa Catuaba com o DJ paulista Maurício Lima!

TERÇA - “Sarau Comidinha de Panela” – 26.01, às 20h, entrada franca – Noite garantida de alegria delirante e boa comida ! A Casa da Mãe abre suas portas gratuitamente, às terças à noite, e promove Jams com os melhores músicos da cidade. No cardápio casquinha de siri e de maturi, arrumadinhos e escondidinhos, o melhor da comida do Recôncavo. Já no palco, a mistura sonora é pura surpresa !

QUARTA - “Roda de Choro” – 27.01, às 19h30, ingressos a R$ 10 – Lugar VIP para músico que dá canja ! A “Roda de Choro” é aonde se vive a essência da música brasileira. É onde músicos experientes e jovens instrumentistas trocam experiências e diálogos musicais, garantindo de um lado a preservação e de outro a renovação da nossa mais autêntica música, o chorinho. Bom de tocar, bom de ver tocando...Melhor ainda estar lá curtindo tudo.

QUINTA – “Samba de Ioiô e Iaiá” com Ione Papas e Iara Canuto – 28.01, às 22h, ingressos R$ 10,00 – Ione Papas é baiana, mas vive em São Paulo desde 1992. Mais que uma cantora de standards, Ione é uma pesquisadora empenhada em revelar a imensa e pouco conhecida obra do mestre de Vila Isabel, Noel Rosa. Hoje canta no Rio e em São Paulo, em locais prestigiados como a quadra da Mangueira e os bares de Vila Madalena. Iara Canuto estuda música na UFBA e é apaixonada por samba. Elas duas cantam para Ioiô e Iaiá na Casa da Mãe !

SEXTA-FEIRA DOBRADA !

SEXTA – Show DIVA BOX – 29.01, às 22h30, ingressos a R$ 15,00 - R$ 10,00 na lista amiga que está aberta até meio dia de 29.10 - Produção e contato: João Figuer jfiguer@gmail.com - Whatsapp (71) 99188-7357 - Três cantores que são atores. Três atores que cantam: Uma homenagem sincera às divas do pop nacional e internacional. Essa é a proposta do show Diva Box, com Paulo Lopes, Mário Bezerra e Fernando Ishiruji, colocar homens reinterpretando músicas conhecidas por vozes femininas. De Bethânia a Beyoncé, de Alcione a Cyndi Lauper, passando por Amy Winehouse, Rita Lee e Spice Girls, o trio mistura música e performance em um show eletrônico, recheado de referências da internet com mash ups irresistíveis.

SEXTA – Show Banda Giramente – 29.01, às 00h, ingressos a R$ 15,00 - R$ 10,00 na lista amiga que está aberta até meio dia de 29.10 - Produção e contato: João Figuer jfiguer@gmail.com - Whatsapp (71) 99188-7357 - A Giramente é uma banda que mistura música pop/eletrônica e regional com uma identidade musical que soma entretenimento, atitude e preocupação social em seu repertório. De forma natural e experimental se apresenta como um trovador moderno e antropofágico, tendo a força de se reinventar e mergulhar em estímulos externos, transformando-os de forma única. É uma “miscigenação” entre o cult e o popular, quase um limbo de música altamente sensorial, com um regionalismo e modernidade evidentes já nos primeiros acordes.

SÁBADO EM DOBRO TAMBÉM !

SÁBADO – Baile Pegaelaí – 30.01, às 17h, ingressos a R$ 10 – pessoas fantasiadas pagar R$ 5,00 – O projeto Pegaelaí resgata a alegria do carnaval de rua da Bahia vivido na década de 80, que originou a Axé Music. Com o repertório composto por grandes clássicos o axé dos anos 80, o Pegaelaí retoma suas apresentações em Salvador e interior do Estado, agitando um público que viveu essa década de folia e boa música. O grupo é composto pelos músicos Edy Blues (vocal), Cayo BV (teclado e sax) e Bruno Mocottó (percussão), Wagner Reis (guitarra), Pedro Dantas (bateria), carnavalescos natos e apaixonados por esta fase da música baiana, que procuram manter os arranjos originais das músicas, imprimindo nas execuções sua experiência profissional, garantindo qualidade musical. Passeando pela variedade de ritmos como o deboche, fricote e samba-reggae, o Pegaelaí é sinônimo de resgate, emoção e alegria! Então: Pegaelaí ! Pegaelaí ! Pra que? Pra passar batom e curtir boa música!

SÁBADO – Show “Samba-que-Roda”, com a carioca Marina Iris – 30.01, às 22h, ingressos a R$ 15,00 – Cavaco e batucada, remelexo e sincopado - o encontro da roda de samba com o samba de roda. A mistura musical entre Rio e Bahia é o tema do show que a cantora Marina Iris, sambista da nova geração carioca, fará na Casa da Mãe, Rio Vermelho. E não serão só os dois berços do samba que vão estar juntos na apresentação: o show terá músicas de compositores consagrados e de novos autores de Rio-Bahia, além das participações de Vércia, JosyAra, Lêda Chaves e Carlos Barros, cantores que despontaram nos últimos anos, na cena baiana. A noite será de Caetano Veloso, Gil, Batatinha, Paulinho do Reco, Caiuba; das músicas que Arlindo Cruz e Dona Ivone Lara fizeram sobre a estação primeira do Brasil, como canta Caetano em 'Onde o Rio é mais baiano'; de bambas do Rio e, principalmente, das várias resistências que a levada do samba invoca.Acompanhando a cantora carioca, talentosos músicos de Salvador: Marília Sodré no violão; Zé Livera no cavaquinho; e Saulo Tácio na percussão.

DOMINGO –“Festa Catuaba + Vitrolagem Tropical Baiana ” – 31.01, às 19h, ingressos R$ 15,00 – Catuaba, a Festa, desembarca em Salvador, vinda de São Paulo, com o Catuaba Boy DJ Maurício Lima. Afrodisíaca e estimulante! CATUABA é uma experiência vaso-dilatadora, anti-oxidante que vai mexer com o seu sistema nervoso. Sem contra-indicações. Já o coletivo cultural Tropical Baiana, formado por agentes criativos de diversas áreas, tem como ponto de partida os ideais e ideias tropicalistas para desenvolver ações culturais, conectando diferentes tipos de linguagens artísticas. Com músicas marcantes da nossa MPB, Bossa Nova, Anos 60, Tropicália, Samba, Afro Samba, Forró, Axé das antigas e Rock, a ação quer unir um público de diferentes faixas etárias através da memória musical sempre presente nos nossos melhores momentos. Também rolam vitrolagens abertas, onde quem quiser levar seu vinil para ser ouvido coletivamente será bem-vindo.

SEGUNDA - “Cinq Jazz a La Carte” – 01.02, às 20h, ingressos a R$ 10,00 – O quinteto “baiano” de jazz A CINQ é formado pelo trompetista alagoano Joatan Nascimento, pelo baterista francês Laurent Rivemales, pelo baixista maranhense Alexandre Vieira, pelo tecladista (este sim, baiano) Bruno Aranha e pelo trombonista argentino Matias Hernan Traut. Nas segundas-feiras eles fazem um show de jazz, com os standars que mais gostam e surpresa ! Em cada mesa o público encontra um cardápio musical com as músicas que o grupo pode tocar naquela noite. A ideia é que as pessoas escolham as músicas que querem ouvir, a partir do que é oferecido no cardápio.

FESTA DO RIO VERMELHO !

TERÇA - Festa de Yemanjá – 02.02, começando às 11h, ingressos casadinha custam R$ 150,00 e individuais R$ 80,00. As reservas podem ser feitas pelos telefones 71 98732-5803 / 75 99249-3175 (wapp) - A Casa da Mãe é a casa dela, a Rainha do Mar, a Mãe D´Água, Janaina, Yemanjá. Logo, no dia dela, dois de fevereiro, a festa não poderia ser menos que especial. Por isso, a cantora e compositora Stella Maris, realiza um show onde recebe grandes talentos da nossa música e faz sua saudação, dá o seu presente à grande mãe dos Orixás. À mesa, a mais deliciosa feijoada, preparada por Stella Maris, que também é chef de cozinha.

Casa da Mãe - Rua Guedes Cabral, 81 – Rio Vermelho – 71 8732-5803 – Stella Maris

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.