Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Bompreço precisa colaborar com o conforto e segurança dos clientes

O Supermercado Bompreço do Rio Vermelho é um dos mais antigos, porém a relação com o bairro deixa muito a desejar. Com a obra realizada pela prefeitura para ampliação da pista, os táxis não conseguem mais entrar no estacionamento para atender os clientes que precisam desse tipo de transporte. Para levar as comprar até o táxi é preciso atravessar a pista, por sinal bastante perigosa porque o ponto fica em uma curva. Quando a compra é grande os motoristas até ajudam a levar as sacolas para o táxi, mesmo assim é perigoso.

De acordo com os motoristas o Supermercado não permite que fiquem no estacionamento, apesar de duas vagas marcadas para essa finalidade. Segundo eles, as vagas só podem ser ocupadas quando o espaço do outro lado da pista está cheio. Uma determinação que vamos combinar, não tem lógica nenhuma. O certo seria os táxis ocuparem as vagas para levar os clientes e à medida que fossem saindo seria ocupado por outra.

Mas esse não é o único problema para os clientes, os refletores do Supermercados, que iluminam o estacionamento, fazem tempo que estão queimados e à noite a escuridão é total, isso em uma área onde sempre ocorrem assaltos e até mesmo sequestros relâmpagos. O gerente da loja precisa prestar atenção não apenas no que ocorre dentro do estabelecimento, mas, também no entorno.

4 comentários:

  1. Vamos combinar que: quem é usuário desse serviço sabe muito bem o quanto é complicado usar esses táxis aí da porta, em sua maioria são truculentos, mal educados e não gostam de pegar corrida quando é para o próprio bairro. Por isso, sempre que preciso costumo pedir por telefone ou aplicativo, eles entram no estacionamento e não tenho problemas ou chateações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por isso que o uber acabou com a hegemonia deles

      Excluir
  2. O Bompreço está precisando é de um bom concorrente no bairro! Temos a maior dificuldade de encontrar produtos. Até pão francês integral, tem dias que não fabricam...

    Jorge Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. procure nos mercadinhos do vale das pedrinhas e nordeste.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.