terça-feira, 1 de março de 2011

Salvador é a 4ª cidade mais violenta do país

No último dia 24 de fevereiro, o Ministério da Justiça em parceria com o Instituto Sangari, divulgou o Mapa da Violência 2011. O estudo traz um diagnóstico sobre como a violência tem levado à morte brasileiros, principalmente os jovens em grandes centros urbanos e também no interior

A região Nordeste é a que registra o maior aumento de mortes por causas externas violentas, segundo o estudo. Somente a Bahia, estado que ocupava o 22º lugar em 1998 como o mais violento, saltou para o 8º, com uma taxa de 32,9 homicídios em 100 mil habitantes. Já o estado de Pernambuco, que ocupava o 1º lugar em 1998, agora ocupa o 3º lugar com a taxa de 50,7 homicídios em 100 mil habitantes. O estado mais violento também encontra-se na região nordeste, Alagoas com a taxa de 60,3 homicídios em 100 mil habitantes.

O estado da Bahia teve uma variação de 237% na taxa de homicídios durante o período do estudo. No quesito de homicídios entre jovens com idade de 15 a 24 anos, a Bahia teve um aumento de 70% no número de mortes, enquanto a média do país foi de 52,9%.

Com relação ao aumento na taxa de homicídios, em termos gerais, Salvador lidera. A capital teve um aumento de 289,1% no número de assassinatos, Maceió vem em seguida com um aumento de 222%, Já Recife sofreu uma queda de 25,2%, mas ainda continua sendo uma capital violenta, a Capital passou do 1º lugar com taxa de 114 homicídios em 100 mil habitantes(1998) para o 2º lugar com taxa de 85,2 homicídios em 100 mil habitantes (2008).

A capital baiana sofre com o crescimento da violência, em 1998 ocupava o 25º lugar entre as capitais do País com taxa de 15,4 homicídios, atualmente ocupa o 4º lugar com taxa de 60,1% homicídios em 100 mil habitantes. No quesito de homicídios entre jovens com idade de 15 a 24 anos, Salvador teve um acréscimo 158,4%.

E a violência se estende por todo Estado baiano, no ranking das cidades mais violentas do país, Simões Filho ocupa o 2º lugar, perdendo para a cidade paraense de Itupiranga. A cidade baiana registra 152,6 pessoas assassinadas a cada 100 mil habitantes. Já a primeira cidade pernambucana a aparecer na lista no estudo é a cidade de Itapissuma, que ocupa 9º e registra 103,2 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Além de Simões Filho, a Bahia tem outras 10 cidades no ranking. Itabuna, ocupa o 13º lugar, Lauro de Freitas é a 16ª mais violenta seguida de Porto Seguro. No 22º lugar está Dias D’Avila e Eunápolis na 23ª, Camaçari é a 77ª cidade mais violenta e Salvador – que no ranking das capitais é a 4ª – ocupada a 84ª posição. Alagoinhas ocupa 86ª posição, Teixeira de Freitas a 88ª e Itabela é a 96ª. (informa Potencial Pesquisa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Os comentários publicados são de inteira responsabilidade do autor. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais serão excluídos sumariamente bem como, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos e agressivos, não serão admitidos.