Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

O fim dos cinemas de rua

O fim dos cinemas de ruaInfelizmente parece que a tendência da modernidade é mesmo acabar definitivamente com os cinemas de rua. Excelsior, Jandaia, Tupy, Tamoio, Capri, Bahia, Cine Rio Vermelho, entre outros, faz tempo que fecharam dando espaço para outras atividades. No prédio do Cine Rio Vermelho, por exemplo, atualmente funciona uma igreja universal. Agora é o circuito de cinema Saladearte, que está com os dias contados. Esse projeto que proporciona uma programação diferenciada com filmes de boa qualidade, começou a minguar com o fim das salas da Graça (Bahiano de Tênis), Pelourinho (Cine XIV), Solar do Unhão (Sala MAM-BA), Rio Vermelho (Caballeros de Santiago) e Ladeira da Barra (Aliança Francesa). Agora é o espaço do Museu Geológico, no Corredor da Vitória, que anuncia que permanecerá aberto por apenas mais um mês. A alegação é o fim do contrato e dificuldade de renovar a locação. Uma mobilização nas redes sociais tenta reverter a situação, mas, se as previsões se confirmarem, fica apenas como opção o Cinema da Ufba, na Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Vale do Canela). E assim vamos somando perdas e transformando Salvador na cidade do já teve.
Tecnologia do Blogger.