Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

A saga diária dos idosos para acessar os ônibus em Salvador. Tá bonito isso?

Por Sarnelli

A saga diária  dos idosos para acessar os ônibus em Salvador. Tá bonito isso?
No ponto da Conselheiro Pedro Luiz com a rua Canavieira, na manhã desta segunda-feira(3), aconteceu um fato estranho, tão estranho, que parece que há uma guerra em curso entre os motoristas de ônibus e pessoas idosas. Ultimamente,vêm-se notando, por uma parte de alguns motoristas,uma má vontade tremenda contra os idosos. Caras feias, arrancadas e freadas bruscas ,principalmente quando pessoas nestas condições ficam confinadas na parte da frente onde só há três assentos disponíveis. Paradas fora dos pontos também acontecem constantemente. Desrespeito maior, é sempre dedicado às pessoas com algum problema de mobilidade. Não dão o tempo necessário para a pessoa subir ou descer.

Para algumas pessoas de baixa estatura ou com dificuldades de locomoção, em alguns casos, a altura do estribo é demasiada .

Mas o que eu quero relatar é o seguinte : independente do fato de eu ter sido deixado no ponto, ontem, por dois motoristas que passaram pelo local no mesmo horário No momento em que eu ia embarcar em um ônibus que parou fora do lugar, me obrigando a andar em sua direção, e olha que fui fazendo sinal com o meu guarda chuva, o motorista deu uma arrancada, tão violenta, que , por pouco, não me atropelou. Algumas pessoas ainda deram uns gritinhos, mas eu estava alerta, esperava pelo que ia acontecer. Ele parou, pois não poderia passar por cima de mim, embarquei sem dizer coisa alguma.

Na hora da descida, me adiantei e tirei uma foto do veículo de frente. Esta é a história. Depois que
A saga diária  dos idosos para acessar os ônibus em Salvador. Tá bonito isso?
Motoristas que conduzia esse  ônibus na manhã de hoje precisa passar por reciclagem 
montaram este novo esquema, o que já não prestava, ficou pior, vai piorar e não vai dar certo, pois, todos os dias mais pessoas completam 65 anos!...

Em viagem anterior, não consegui passar pela catraca, apresentando o RG, porque a cobradora (fato confirmado por outro cobrador, posteriormente) alegou que o pessoal da companhia havia retirado das mãos dos cobradores, os cartões magnéticos que liberavam a passagem, mediante a apresentação de qualquer documento de identidade contendo foto do passageiro, contrariando uma lei federal em favor de uma municipal e dos donos de empresas.

Desde quando uma lei municipal se sobrepõe a uma Lei Federal, mesmo num país bagunçado como o nosso?

Eu não sabia que está existindo uma guerra entre as empresas de ônibus e as pessoas de idade avançada que ignoram ingenuamente e se conformam como carneirinhos com o que está acontecendo!

Afinal, os idosos e idosas viajam mesmo de graça?

Por que tudo comigo? Será que eu atraio encrenca, ou, simplesmente, as percebo e não fico calado como a maioria?

Se as pessoas pensam que os novos "ônibus colocados em circulação são mesmo novos, está entrando no "conto do ônibus novo". Para mim, são veículos reformados, que foram trazidos de outros lugares, até que me provem o contrário... Já vi alguns deles pintados a pincel!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.