Header Ads

“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música

“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música
20 anos de “Fernando Pessoa”, interpretado pelo ator e diretor Marcos Machado, espetáculo que tem músicas especialmente compostas pelo instrumentista e diretor musical Amadeu Alves. No próximo sábado, 08/08, às 16h, os dois celebram exatos 20 anos da estreia da peça que apresenta ao público em versos, prosa e música os poemas do ilustre poeta português. No palco, Marcos Machado encarna Fernando Pessoa e Amadeu Alves executa ao vivo as composições. A peça é a adaptação para o teatro dos poemas de Fernando Pessoa, realizada por Marcos Machado, que já a apresentou nos mais diversos palcos e em salas de aula das Redes Pública e Particular de Ensino. Ator e diretor da peça, Marcos Machado acredita que o mérito do seu projeto é unir a literatura e o teatro para juntas fazer o público “questionar, provocar, entreter e formar conhecimento”.

A palavra atravessou o mar salgado nas asas do poeta e aportou no coração do Brasil. Assim nasceu o espetáculo “Fernando Pessoa”, que transmite de forma lúdica a riqueza da obra poética desse mestre da literatura portuguesa e universal, para expectadores das mais diversas camadas sociais, desde jovens estudantes que tiveram o primeiro contato com a obra do poeta, até acadêmicos, estudiosos e apreciadores de forma geral. “Fernando Pessoa” traça um painel das tradições e da poética na literatura portuguesa, resgatando com dinamismo a obra de um dos maiores nomes da poesia moderna de Portugal. O espetáculo mostra o poeta Pessoa, independente de sua qualidade de gênio, como ser humano, ligado à natureza, numa ânsia de buscar o significado da existência . Em cena, Fernando Pessoa e seus heterônimos : Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos, interpretados e caracterizados num clima de lirismo e forte emoção.

“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música

Sobre Marcos Machado - Com 36 anos de teatro profissional Marcos Machado iniciou sua carreira em São Paulo. Atuou ao lado de atores como Eva Wilma e John Hebert, entre outros nomes importantes do teatro paulistano. Em 1988, ainda em São Paulo, recebeu indicação para o Prêmio Mambembe de Teatro na categoria Melhor Ator, pela sua atuação na peça “O Planeta Lilás”, de Ziraldo. Em Salvador desde 1991, Marcos Machado é o ator/diretor mais conhecidos pelo público estudantil da Bahia. Seus espetáculos “Românticos” e “Fernando Pessoa” já foram apresentadas para milhares de pessoas, inclusive, através do seu trabalho como monitor das oficinas de teatro da Fundação Cultural do Estado da Bahia.

“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e músicaNo teatro baiano trabalhou com grandes diretores como Luiz Marfuz, Paulo Dourado, Deolindo Checucci, Carmem Paternostro, Adelice Souza, Edinilson Mota Pará, entre outros. No cinema trabalhou com Cacá Diegues, no filme “Tieta do Agreste”, José Humberto, no filme “Lua Violada” e com a X-Filmes Produções no “Corneteiro Lopes”. Na televisão participou dos especiais “Salve o Compositor Popular” e “Aquarela do Ari”, pela TVE, “Especial Fernando Pessoa” e “465 Anos de Salvador”, pela TV Bahia, e “O Mestre da Palavra”, pela TV Senado. Em 1999 recebeu o Prêmio Copene como Melhor Ator Coadjuvante pelo espetáculo “De Alma Lavada”. Em 2002 recebeu o Prêmio de Melhor Ator no Festival Nacional de Teixeira de Freitas pelo espetáculo “Escorial” e indicação para o Prêmio Braskem, na categoria Melhor Ator, pelo mesmo espetáculo.

Sobre Amadeu Alves – Hoje, contar da trajetória de Amadeu Alves, é falar de um trovador contemporâneo, que como compositor, instrumentista, diretor musical e gestor cultural, traz importantes conquistas no seu currículo. Podemos de início destacar a direção musical no álbum vencedor do Prêmio da Música Brasileira (As Ganhadeiras de Itapuã), grupo homônimo, do qual é o idealizador, que também recebeu do mesmo Prêmio o título de Melhor Grupo na categoria Regional em 2015.

Entre diversos prêmios, Amadeu recebeu o Troféu Caymmi no ano 2000, na categoria especial pela Pesquisa Musical e Criatividade com o seu show “Trilhas Instrumentais”, e em festivais nas cidades de Florianópolis, Guaramiranga e João Pessoa, tendo levado seu trabalho para a Itália e Dinamarca. Desenvolve o Projeto Rede Sonora com o parceiro Fabrício Rios, e dedica seu potencial criativo e idealizador a fomentar novas expressões artísticas, como é o caso do trio de cantoras “As Morenas de Itapuã”.

No campo da gestão cultural, há oito anos coordena a Casa da Música da Bahia, hoje um dos espaços culturais mais dinâmicos e respeitados do estado, ligado à Secretaria de Cultura/Governo da Bahia, cumprindo de forma coerente a função de servidor público e contribuindo de forma efetiva para o desenvolvimento da arte e da cultura. Nascido em Itapuã/Salvador/Bahia é ativista do movimento cultural e sócio-ambiental e desenvolve um trabalho musical composto por ingredientes sonoros e símbolos do universo nordestino, com uma forte presença de elementos de outras culturas, onde se destaca a influência da música andina.Enquanto ativista, tem seu foco de atuação na temática da preservação e fortalecimento da identidade cultural da comunidade de Itapuã, eixo através do qual agregam-se as demais questões sócio-ambientais do bairro.

“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música“Fernando Pessoa” celebra 20 anos de prosa, poesia, teatro e música

No ano de 1997, fundou junto a outros moradores de Itapuã o GRITA (Grupo de Revitalização de Itapuã), com objetivo de realizar um trabalho de resgate e desenvolvimento cultural na comunidade. Com o desenvolvimento deste trabalho, percebeu-se a importância de articular com outros movimentos sociais do bairro, nascendo assim o Fórum de Organizações Não Governamentais de Itapuã. A potencialidade deste encontro de organizações levou a buscar instrumentos como a Agenda 21, da qual foi eleito Gestor Geral, atuando no cargo por 4 anos. Desde então busca ampliar sua qualificação, tendo como destaque a participação nos Fóruns Social Brasileiro e Mundial e no Fórum Cultural Mundial.

Serviço: 
Espetáculo : “FERNANDO PESSOA”
Sábados: 08/08, 15/08, 22/08 e 29/08/2015
Horário: 16h
Local: Museu de Arte da Bahia (MAB) – Corredor da Vitória 2340
Ingressos à venda no local com a produção a partir das 15h:
R$ 10,00 (meia-entrada) e R$ 20,00 (inteira)
Fotos de Fabio Peixoto

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.