Header Ads

Morro das Vivendas abandonado pelo poder público e moradores vivem em um verdadeiro "Inferno de Dante"

Morro das Vivendas abandonado pelo poder público e moradores vivem em um verdadeiro "Inferno de Dante" O Blog vem recebendo denuncias em série sobre o abandono do Morro das Vivendas, pelas informações , percebe-se que os moradores vivem efetivamente em um verdadeiro Inferno de Dante, desassistido pelo poder públicos. Realmente não dá para entender o motivo de tanto abandono, Abaixo algumas das reclamações recorrentes.

Por Waldomiro J. Silva Filho

Prezados moradores do Rio Vermelho, especialmente do Morro das Vivendas,

A cada dia cresce a minha revolta com a situação do Morro das Vivendas. Acho ridículo e absurdo discutir sobre o tipo de piso do calçamento enquanto a rua onde eu morro vai se degradando assustadoramente.

Eu confesso a vocês que hoje eu tenho VERGONHA de convidar um amigo para visitar minha residência.

Além do lixão, do ponto de descarte de entulho, da sujeira que se acumula ao lado de um campo de futebol, de um bar a céu aberto, de seis cavalos que pastam pela praça (dois deles muito doentes), do consumo e tráfico de drogas à luz do dia, agora instalou-se na praça (na minha opinião, a mais bela praça de bairro da cidade de Salvador) um "lava a jato" com placa e funcionários.

A Prefeitura e a AMARV são completamente omissos e irresponsáveis em relação à nossa situação. O fato de que a cada dia o Morro das Vivendas se faveliza é um sinal de que o Poder Público nos abandonou. E onde o Poder Público se ausenta, prolifera o lixo, a violência, a ocupação irregular se prolifera.

Não sei onde tudo isso vai parar. Eu tenho acessos de profunda indignação quando ouço falar de requalificação do Rio Vermelho.

Lembro que nosso IPTU ainda é elevadíssimo (um dos mais caros da cidade, equivalente ao Corredor da Vitória).

Senhores:

Reitero as palavras do amigo e vizinho Waldomiro, que juntos já tentamos algumas investidas para solucionar os problemas do Morro das Vivendas sem muito sucesso, e gostaria de complementar que temos que pensar em caminhos mais eficazes para estas demandas, e que já vimos que são difíceis pois envolvem dificuldades políticas e uma comunidade populosa não muito afim de colaborar, e o que agrava o problema Lixo/entulho/baderna, é o fato do proprietário do terreno (causa principal), apesar de tentativas, não buscar soluções eficientes p/ tal, junto aos órgãos públicos competentes que também deveriam estar ajudando a resolver este problema.

Quem sabe se todos nós do M. das Vivendas não pagássemos IPTU, chamaríamos mais atenção? pois, tb para fins eleitoreiros, numa conta simples, temos cerca de 5.000 eleitores prejudicados por esta situação.

É lamentável.

Confira o que já foi publicado sobre o Morro das Vivendas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.