Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Novo apelo da Comunidade do Morro das Vivendas à Subprefeitura

 Novo apelo da Comunidade do Morro das Vivendas à Sub-prefeitura  Sr. Raimundo Castro Pereira

Sub-Prefeitura da região Barra, Ondina, Rio Vermelho e Pituba,

Depois de alguns meses e vários contatos, a constatação é de que nada, absolutamente nada, mudou no Morro das Vivendas.

Historiando esses contatos:

1. No dia 21 de julho de 2015, enviei e-mail ao Sr. Raimundo com os problemas identificados no Morro das Vivendas, que foi respondido logo no dia seguinte.

2. Na semana seguinte, o Sr. Solicitou uma reunião, que foi agendada para a 1ª semana de agosto

3. Nessa reunião, com a participação da AMARV e do 12º Batalhão da Polícia Militar, foram apresentadas as nossas reivindicações e o senhor se mostrou disposto a encaminhá-las para possíveis soluções, solicitando que as formalizássemos em uma carta.

4. A carta lhe foi enviada no dia 12 de agosto, com cópia para a AMARV.

5. O senhor solicitou nova reunião para falar sobre os encaminhamentos, que foi realizada no dia 27 de agosto.

Nessa segunda reunião, também com a presença do Presidente da AMARV e representante do 12º Batalhão, esperávamos que o senhor viesse nos relatar os encaminhamentos dados pela Prefeitura no sentido de solucionar os nossos problemas. Qual não foi a nossa decepção quando constatamos que nenhum encaminhamento havia sido feito. Aliás, parecia que o senhor estava tomando contato com as nossas reivindicações pela primeira vez. Parecia que a primeira reunião nem havia acontecido.

Reafirmo: é lamentável, já que depositamos uma grande esperança de que, finalmente, algo seria feito pela prefeitura e de que essa gestão municipal seria diferente das anteriores.

Como já havia dito anteriormente, a única diferença que notamos foi o aumento e a melhoria do policiamento, mas isso não depende da prefeitura.

Em síntese,

1. O lixo e o entulho continuam sendo acumulados na rua;

2. Os cachorros do canil de D. Eliane Borges continuam latindo e uivando, perturbando os vizinhos e exalando mal cheiro;

3. A praça continua com aparência de total abandono, com pedras soltas, bancos quebrados, capim crescendo entre as pedras;

4. O bar instalado na calçada em frente ao terreno usado como campo de futebol continua em pleno funcionamento e ampliando cada vez mais;

5. Os cavalos continuam deixando suas fezes e abocanhando os sacos de lixo;

6. Os terrenos continuam sem muros e calçadas, num flagrante desrespeito à Lei Municipal 8.167/2012, Artigo 136, item d; no entanto, a prefeitura exige que refaçamos nossas calçadas para incluir a guia dos cegos.

7. A iluminação continua precária;

8. O lava-jato continua funcionando.

9. Como se não bastasse isso, ainda temos uma novidade: recentemente, instalou-se uma oficina de automóveis na rua da Faculdade Ruy Barbosa. Isso nos mostra que, quando os espaços não são fiscalizados, proliferam coisas desse tipo. Temos a impressão de vivermos num bairro sem lei.

10. E continuamos pagando IPTU como se morássemos em um bairro “nobre”.

É lamentável!!
Marilena Ristum
Moradora do Morro das Vivendas há 27 anos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.