Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Baianas de acarajé que atuam na orla devem regularizar situação na Prefeitura

Baianas de acarajé que atuam na orla devem regularizar situação na Prefeitura A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) informa que as baianas de acarajé que desejam atuar na orla da capital baiana devem procurar o órgão para o licenciamento e regularização da atividade junto à Prefeitura. De acordo com a secretária Rosemma Maluf, o objetivo é manter o ordenamento que já vem sendo realizado pela secretaria desde o início da gestão e acomodar as baianas dentro do projeto de requalificação da orla.

“Com a proximidade do verão e com o projeto da nova orla da cidade, é de extrema importância que as baianas que atuam na faixa do calçadão busquem regularizar o exercício de suas atividades junto à Semop, pois existem normas a serem cumpridas, a exemplo da padronização dos equipamentos e uso da indumentária típica conforme estabelecido por Decreto Municipal 12.175/98. Ressaltando que, conforme determinação judicial, não é permitida a cocção de alimentos na faixa de areia”, declara Rosemma Maluf.

O coordenador de Licenciamento e Fiscalização da Semop, Glauco Bastos, explica que a licença é concedia após a avaliação técnica por parte da fiscalização do órgão sobre a viabilidade do espaço pleiteado. Para o licenciamento, é necessário dar entrada no setor de protocolo na sede da Revita, localizado na Avenida Cardeal Avelar Brandão Vilela, Porto Seco de Pirajá. Mais informações (71) 3202-5400.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.