Header Ads

Confira ata da última reunião da Comissão de Obras Rio Vermelho

Salvador, 30 de setembro de 2015

Ata da 4º Reunião Geral - Obra Rio Vermelho

A “Comissão de Obras Rio Vermelho” composta por representantes da AMARV, do SHBRS, empresários do Rio Vermelho Bairro Charme e da comunidade em geral do bairro, promoveu no dia 22/09/15 as 18h, no Teatro SESI, a 4º reunião geral sobre a obra do Rio Vermelho, para apresentação dos resultados da comissão no acompanhamento das obras, com a presença dos técnicos da FMLF Sr. Fagner Dantas e Sr. Jorge Moura, da SUCOP Sr. Benedito Leite, da Transalvador o Sr. Haje e da Casa Civil a Sra. Ana Britto.

Na oportunidade foi apresentado o Histórico de todas as reuniões promovidas pela comissão de obras, que tem por objetivo, lutar por uma obra de requalificação que atenda os interesses de todos os moradores, empresários e visitantes do bairro.

Confira ata da última reunião da Comissão de Obras Rio Vermelho

HISTÓRICO DAS REUNIÕES

DATA
LOCAL
PAUTA PRINCIPAL
QUI 21/05/15
Restaurante Casa de Tereza
Demandas/Projeto/Cronograma
TER 07/07/15
FMLF
Projeto Requalificação
QUA 15/07/15
Teatro SESI Rio Vermelho
3ª Reunião Geral
QUI 22/07/15
Hotel Catarina Paraguaçu
Projeto Requalificação
QUA 04/08/15
Embasa
Rede de drenagem/ Foz Rio Lucaia
SEX 08/08/15
Teatro SESI Rio Vermelho
Projeto Requalificação
SEX 07/08/15
Teatro SESI Rio Vermelho
Projeto Requalificação / Cronograma
TER18/08/15
Teatro SESI Rio Vermelho
Projeto Requalificação
QUA 26/08/15
Hotel Catarina Paraguaçu
Cronograma / Andamento Obra
QUA 02/09/15
Construtora NM
Paisagismo / Coleta lixo
QUI 10/09/15
Construtora NM
Paisagismo
TER 15/09/15
Hotel Catarina Paraguaçu
Cronograma / Andamento Obra

A) Foi apresentado o ultimo cronograma de obras e as pautas levantadas pela comissão junto a PMS e FMLF com resposta da Prefeitura para cada item :

CRONOGRAMA DA OBRA

FRENTE DE SERVIÇO
SITUAÇÃO ATUAL
TERMINO PREVISTO
JOÃO GOMES
Concluída pavimentação em quase toda a via
OK
LARGO DE SANTANA- 1ª ETAPA SEM ASSENTAMENTO DE GRANITO
Finalizando infraestrutura na Praça para aplicação e finalização de piso provisório.
Realizado 90% do serviço
QUI 17/09/15
ALMERINDA DUTRA- PARTE 01 – DA JOÁO GOMES AO PASTA EM CASA
serviço  concluído no prazo
SEX  04/09/15
ALMERINDA DUTRA- PARTE 02
Esclarecimento - De acordo com o projeto da COELBA entregue ontem, dia 17/09, será necessária a construção de duas caixas de concreto R2 impossibilitando o cumprimento da data acima informada durante areunião
QUA 23/09/15
BORGES DOS REIS – PARTE 01 – LADO DA BIBLIOTECA
serviço executado no prazo
SEX  28/08/15
BORGES DOS REIS - PAVIMENTAÇÃO
Serviço iniciado, executando base, aguardando a chegada do piso intertravado previsto para o dia 01/10, autorizado oficialmente pela Prefeitura na semana passada, mesmo sem o parecer do IPAC
QUI 01/10/15
RUA DA PACIENCIA – VALAS E CALÇADAS
Obra sob responsabilidades da Embasa. Demais serviços concluídos no prazo previsto
SEG 05/10/15
RUA DA PACIENCIA – DECK
Serviços concluídos no prazo previsto
SEX 18/09/15
PULMÃO DE ESTACIONAMENTO AO LADO DA IGREJA DE SANTANA
Serviços concluídos no prazo previsto
OK
CALÇADA DO SESI - PULMÃO DE ESTACIONAMENTO (BASE DE CONCRETO)
Serviços concluídos no prazo previsto
OK
CALÇADAS/CICLOVIAS/VALAS/CANALETAS/MURETA
Serviços concluídos no prazo previsto
SEX 18/09/15
PRAÇA COLOMBO
Serviços concluídos no prazo previsto
SEX 02/10/15

  • Sr. Benedito Leite da SUCOP relatou a dificuldade de atendimento do pleito da Comissão e moradores da ampla divulgação do cronograma de execução e etapas da obra pelas sucessivas interferências de COELBA/EMBASA/ Trânsito/ Demandas da Comunidade/Extensão da Obra. A Comissão solicitou a definição de Cronograma com metas de execução das etapas da obra, relatando as interferências que dificultam o cumprimento destas metas. A inexistência de programações têm provocado a insolvência de muitos comerciantes, resultando em perda de qualidade dos empreendimentos do bairro.
  • Moradores solicitaram a ampliação da infraestrutura para pessoas com necessidades especiais nos acessos aos passeios/praças e vias.
  • O projeto da ciclovia é interrompido em dois trechos, na curva da praia da Paciência e no trecho entre o SESI até a Fonte do Boi, em face da indisponibilidade de área para sua implantação, dificultando a mobilidade dos usuários. FMLF relatou a existência de zonas de conflito com tráfego de veículos e áreas de conservação que impedem um circuito contínuo.

PAUTAS LEVANTADAS JUNTO A PMS

B) COELBA: O projeto da Coelba foi entregue dia 14/09/15 ao IPAC para análise, aprovação e liberação, uma copia também será entregue a PMS com a ressalva de “Não aprovado para execução” . A NM afirma que sem o projeto liberado para execução, não tem como definir um cronograma para as obras da Paciência e Guedes Cabral
  • A NM esta dando andamento ao que pode ser executado, mas ainda sem definição de cronograma enquanto aguarda parecer do IPAC

C) IPAC: A FMLF continua aguardando do IPAC o parecer e a definição da pavimentação a ser utilizada nos trechos da área de preservação permanente do Rio Vermelho, enquanto isso algumas áreas foram liberadas com pavimentação provisória.
  • A NM esta dando andamento aos pisos que foram autorizados pela PMS, mas ainda sem definição de cronograma definitivo enquanto aguarda parecer do IPAC

D) EMBASA: A SUCOP em reunião com a EMBASA, definiu a data de 25/09/15 para conclusão das obras no trecho da Paciência, os demais trechos ainda sem cronograma definido
  • Cronograma não foi cumprido. Solicitada reunião com Embasa para divulgação de Cronograma realista da obra, SUCOP ficou de agendar.

E) DRENAGEM: O projeto encomendado ao Eng. Ailton , foi entregue dia 14/09/15 na FMLF e uma copia será disponibilizada a esta comissão para analise.
  • Ainda não foi apresentado projeto a comissão
* Segundo explanação do Eng. Luis Claudio da NM serão criadas duas bacias de drenagem, a 1ª captará cerca de 80% da água da bacia e compreenderá a região que vai do posto Chaminé até o início da Rua do Meio. Esta rede de coleta será direcionada para uma galeria da Rua Fonte do Boi a ser construída indo desaguar no mar.
  • Na reunião foi questionado como seria a intervenção desta rede de drenagem na Rua Fonte do Boi. A FMLF afirmou que não seriam retiradas arvores do local com o Projeto de Revitalização e esta avaliando se a rede existente comportará a vazão adicional. Caso se confirme, a intervenção no local será simplificada. 
* Para a 1ª bacia de drenagem a SUCOP esta encarregada de estudo financeiro complementar e prazo necessário para execução dos serviços.

* A 2ª bacia captará água da Rua do Meio e Largo da Mariquita, desaguando na saída do Rio Lucaia. Será feita uma rede de drenagem totalmente nova, abandonando a rede existente que se encontra bastante danificada. A 2ª bacia de drenagem será incluída no contrato da obra

* O problema de drenagem daquela área só será resolvido integramente com a conclusão das obras nas duas bacias. A Comissão questionou problemas com o isolamento da drenagem existente e prazo para solução definitiva do problema. A NM ficou de analisar o projeto para responder a esta comissão.
  • Aguardando apresentação do projeto a comissão.
* Projeto de drenagem previsto para o Largo de Santana e Rua José Taboada Vidal
  • O largo de Santana e a Rua José Taboada Vidal, terão sistema de micro drenagem com a captação das águas por bocas de lobo e escoamento através do sistema de drenagem da praça.

F) ILUMINAÇÃO: Foi solicitado ao Sr. Raimundo Dias da SEMOP, reforço de Iluminação na Rua da Paciência, Rua do Canal, Parque Cruz Aguiar, Guedes Cabral, estacionamentos do Teatro SESI , Igreja de Santana e outras Ruas do Bairro. A SEMOP informou que realizou um levantamento de todo o bairro e esta finalizando o projeto para melhoria da iluminação publica no bairro.
  • Permanecem escuras boa parte das ruas acima. A comissão solicitará nova reunião com a SEMOP para tratar desse assunto.

G) LIMPURB: Sobre as demandas da ultima reunião com a Limpurb, o Sr. Mauricio Lima, informou que:

* A coleta de Lixo esta sendo feita diariamente durante a madrugada das 3h as 5h. Solicitamos alteração do horário para 4h as 6h para ajuste com o movimento do bairro.
  • A alteração desses horários precisa ser comunicada a população que continua a colocar o lixo na porta nos horários antigos. Entretanto algumas rotas de coleta que passam pelo bairro, ainda estão apanhando o lixo nos outros horários. Solicitado a Limpurb e GECOM da divulgação destes horários à população.
* Será novamente testada coleta complementar aos finais de semana de quinta a domingo, interrompida em função do fechamento de algumas vias durante as obras.

*Solicitamos também intensificar coleta nas novas lixeiras e melhorar a varrição do bairro
  • Segundo a Limpurb, as lixeiras da Rua João Gomes foram colocadas dia 16/09/15 e infelizmente roubadas na mesma noite. Esta sendo providenciada a reposição.
  • João Gomes não está tendo a varrição de calçadas e muitas ruas em obras também não, poeira em todo o bairro, necessitando de carros pipas para amenizar o problema. 

* O Ecoponto no bairro ainda sem definição. Foram dadas as opções dos Ecopontos do Vale das Muriçocas (em reforma ) e junto ao Hiperposto, aonde podem ser descartados, moveis usados, entulho, poda de arvores, eletrônicos e outros resíduos não orgânicos.

* Foi solicitada a colocação de placa de proibido jogar lixo sujeito a multa na Rua Prudente de Moraes para tentar acabar com o ponto de descarte ilegal de lixo.
  • Ainda não fomos atendidos, cobrar da Limpurb.
* Solicitamos a presença de fiscais da Limpurb para tentar identificar quem descarta o lixo de forma inadequada nas praças e ruas do bairro

H) ZOONOSES: Solicitamos a presença da representante da Zoonoses, por conta da infestação de roedores no bairro após as obras nas galerias de esgoto. A Sra. Maria Goreti informou que já esta sendo feito o controle intensivo em alguns pontos com a aplicação de raticida (iscas parafinadas e pó de contato) com visitas quinzenais ao bairro. Orientou que os estabelecimentos e moradores comuniquem os pontos críticos para intensificação do combate pelo telefone 3611.7330. Os terrenos privados com infestação não podem ser acessados pela Zoonoses e Limpurb e comprometem a eficácia do combate.

I) TRANSALVADOR: Ficaram pendentes de resposta pela Transalvador os itens abaixo:

* Realocação dos caminhões de frete do Largo da Mariquita.
  • Já estão sendo transferidos para a área em frente ao quartel de Amaralina. A sinalização através de faixas indicando a nova localização já foi colocada pela Transalvador como solicitado pelos motoristas.
* Estudo de alocação de vagas durante as obras no trecho da Rua da Paciência próximo as quadras.
  • Ainda sem resposta
* Definição da quantidade de vagas formais no bairro após as obras e quais trechos serão liberados informalmente para estacionamento a noite.
  • Transalvador ainda não tem o quantitativo final das vagas para o Rio Vermelho, aguardando o andamento da obra.
  • Vai ser feito um estudo de mobilidade após a conclusão da obra para avaliar a possibilidade da Rua Vieira Lopes (Clinica Amo) permanecer fechada e virar área para estacionamento.
* Solicitar a Transalvador a alteração do traçado do novo acesso a Rua do Meio para preservarmos uma grande arvore que tem previsão de corte com o novo traçado da via.
  • Fomos informados que a FMLF já esta revendo o traçado da via.

J) SECIS - Cidade Sustentável: Projeto de Paisagismo – como resultado da reunião entre a SECIS, FMLF e parte da comissão de obras, ficou definido o tipo de vegetação com espécies mais adequadas a zona de praia a será adotada em algumas áreas já parcialmente concluídas:
  • Coqueiros na margem da ciclovia no trecho entre a igreja de Santana e Teatro do SESI dando continuidade aos já existentes.
  • Será criado ao lado da Igreja um Jardim com área permeável e espaço para convivência.
  • Em alguns trechos do lado esquerdo da R. João Gomes serão plantadas arvores de pequeno porte.
  • Duas novas arvores serão plantadas ao lado da casa de Yemanja. 
  • Outras áreas serão analisadas com o andamento das obras.
  • Moradores e Comissão permanecem pleiteando a ampliação das áreas verdes no bairro

K) CALÇADÃO: Elaboração de detalhe arquitetônico para pavimentação do calçadão na saída da Rua Borges dos Reis. Foi proposta pela FMLF a utilização do mesmo detalhe de piso que será executado na frente do Teatro do SESI.
  • Continuamos aguardamos apresentação do projeto.

L) RIO LUCAIA: A Foz do Rio Lucaia foi coberta sem apresentação de nenhuma proposta de recuperação da área pela PMS.


M) AGECOM: Solicitar resposta da Casa Civil sobre a possibilidade de divulgação positiva do cronograma da obra através de OUTDOOR pela GECOM para manter a população da Cidade informada do funcionamento do bairro durante as obras.
  • Foi solicitada , a ampliação da divulgação do projeto e do andamento da obra, assim como o agendamento das reuniões GERAIS com a PMS através dos meios de divulgação da PMS. A Sra. Ana da Casa Civil, ficou de convocar a AGECOM para participar da próxima reunião com a Comissão de Obras para viabilizarmos essa divulgação.

N) SEFAZ: Solicitar a Casa Civil agendamento de reunião com o Secretario Paulo Souto da Sefaz Salvador para tratarmos sobre a carta protocolada pelo SHBRS, solicitando isenção de impostos municipais durante o período das obras para minimizar o impacto financeiro no comércio.
  • Foi solicitado por Sra. Ana da Casa Civil que a Comissão oficializasse o pedido de agendamento para providências

P) PEDRA PORTUGUESA: Cobrar da FMLF resposta para a solicitação de manutenção de calçada em Pedra Portuguesa, da Rua Guedes Cabral, lateral mar, no trecho entre o Teatro do SESI e o Restaurante Red River. FMLF devera também Informar a NM sobre a decisão de recolocação da Pedra Portuguesa no Beco do França.
  • A FMLF informou que não serão mais aceitas modificações referentes ao revestimento das calçadas. Apenas os trechos acordados anteriormente devem ser executados. A Comissão considera que isto contraria o interesse de vários moradores assim como a preservação da história/cultura do bairro.
  • A substituição do piso no beco do França , depende da autorização da PMS 
  • A calçada da Academia Villa Forma (prédio tombado pelo IPHAN) que na Ata anterior a FMLF informou não seria desmanchada, terá que ser refeita por conta do ajuste no greide da rua. A FMLF assegurou a reconstrução em pedra portuguesa como origina.

ENCAMINHAMENTOS

1. Marcar reunião com FMLF, NM e esta comissão, para discussão preliminar sobre o projeto do Largo da Mariquita e entorno, com apresentação previa de todos os projetos dos órgãos envolvidos e o cronograma de obra a ser desenvolvido pela NM. O nosso entendimento é que as obras nesta área só devem ser iniciadas com todos os pontos esclarecidos: COELBA, EMBASA, drenagem, transito, iluminação, pavimentação, remoção de árvores, permissionários e coleta de lixo.

2. As reuniões gerais serão mensais, com agendamento prévio da última 4ª Feira do mês.

A COMISSÃO DE OBRAS sugeriu aos presentes ampliação dos participantes nas reuniões para evitar sobrecarregar os atuais membros. Os voluntários foram incorporados à CMOR:

1. TAIRONY - Professor da UFBA

2. ELIANE CARDOSO SALES – moradora do bairro

Comissão de Obras Rio Vermelho (moradores, empresários do Rio Vermelho Bairro Charme, AMARV, SHBRS).

Representada através do SHRBS (Av. Tancredo Neves, 274 – Centro Empresarial Iguatemi, Bloco B ,salas 305 307. A/C Sr. Gilberto Marquezini, e-mail adm@sindicatohrbs.com.br . Tel .:3525.2555)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.