Header Ads

Esqueceram de vistoriar o "balança mas não cai"

Esqueceram de vistoriar o "balança mas não cai"
Esqueceram de vistoriar o "balança mas não cai" Esqueceram de vistoriar o "balança mas não cai" Esqueceram de vistoriar o "balança mas não cai" Por Sarnelli

Boa tarde!

Outro dia li no blog e deixei um comentário, de que o pessoal da prefeitura havia feito uma vistoria em cerca de 40 prédios inacabados na orla e assinalei o fato de que se esqueceram da estrutura que há mais de 4 décadas está esquecida na Rua Feira de Santana sem que tenha merecido a menor atenção por parte do poder público.

Estou lhe enviando 6 fotos que peço o favor de colocar no ar para mostrar como está a situação, o mato tomando conta de tudo e a estrutura se transformando numa curiosidade ecológica em pleno centro de uma cidade como a de Salvador, com mais de 3 milhões de habitantes e no bairro que tem atraído muita atenção de visitantes que aparecem a toda hora tomando informações: "onde fica a casa de Jorge e Zélia Amado"? - ou seja, onde fica a "Casa do Rio Vermelho?". Justo na hora em que está ocorrendo uma intervenção na Praça Dr. Carlos Batalha. Não distam 50 metros um do outro!..

Leia também:

O Jardim suspenso muito perigoso na Rua Feira de Santana

O milagre de Jorge

Fogo no balança mas não cai

Escombro do balança mais não cai coberto de verde

Mais um ano que se vai e o troço fica aí...

Matagal está cobrindo o "balança mais não cai"

Os problemas do Parque têm que ser vistos e resolvidos com um projeto de saneamento geral

Estão esperando acontecer uma tragédia para tomar providências

Limpurb atende solicitação do Blog

Moradores da Rua Feira de Santana pedem providências a Limpurb para acabar com lixão

Obra misteriosa em frente ao "fantasmão" realizada por operário mudo emporcalha rua Feira de Santana

Balança mas não cai, um problema sem solução

2 comentários:

  1. Não foi só esse que esqueceram sr. Sarnelli, Na Paciência tem um casarão onde funcionou a Chaves Outdoor, fechado faz tempo e cheio de mato, tem outro na Coelheiro Pedro Luiz, bem ao lado do ponto de ônibus que é uma sujeira só, com copos e garrafas de plastico, entulho. Tem vários barcos também cheios de água, sem falar nos pneus na areia da Praia de Santana e a água parada na Praia da Paciência e no Canal da rua como esse mesmo nome. Penso que tudo isso é prá mostrar que estão fazendo alguma coisa,criar notícia, vistoria minunciosa, não existe. Cada um que procure se cuidar da melhor maneira e continuar rezando para não se tornar em mais uma vítima desses mosquitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, onde tem Coelheiro, por favor leiam Conselheiro

      Excluir

Tecnologia do Blogger.