Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Café Hot é interditado pela Sucom pela segunda vez por não ter licença de boate

A Sucom recebeu uma nova denúncia e uma equipe de fiscalização esteve no local na noite da sexta-feira passada para realizar a interdição.

A equipe de fiscalização chegou ao local por volta das 22h30. Havia três funcionários, além da gerente do estabelecimento. Os fiscais não encontraram clientes, nem strippers. Mesmo assim a casa foi autuada, embargada e interditada.

Segundo um dos fiscais, a falta de documentação adequada e a reincidência de desvio de função permitiram a interdição do imóvel. “Está claro que eles não estão respeitando a licença. O palco e os microfones sinalizam que a casa está funcionando como boate, apesar de já ter sido notificada para suspender esse serviço”, disse um fiscal.

A ação contou com apoio da Polícia Militar (PM) e de equipes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop). Nenhum material foi apreendido no estabelecimento. Ao sair, os fiscais colaram o cartaz de “Interditado” na porta do imóvel. Procurada, a gerente do Café Hot preferiu não comentar o assunto, mas garantiu que não iria reabrir a casa até regularizar a situação.

Café Hot é interditado pela Sucom pela segunda vez por não ter licença de boate
Casa foi autuada e interditada pela Sucom por não ter licença para funcionar como boate (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

Alguns moradores e comerciantes acusam o Café Hot de oferecer serviços de strip tease e pedem que a casa seja fechada. A queixa é de que um empreendimento desse segmento prejudica os negócios na área e afugenta a clientela que voltou a lotar o bairro após a inauguração da nova orla revitalizada. (Informa o Correio 24h).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.