Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

70 anos de um ilustre morador do Rio Vermelho

Por Gildasio Freitas*

A data de ontem (8 de agosto), marcou a passagem do septuagésimo aniversário do engenheiro italiano Giuseppe Talento, conhecido popularmente como “PINO”.

Apesar de ter nascido em Potenza, no sul da Itália no dia 08 de agosto de 1946, com apenas 5 anos de idade, em dezembro de 1951, veio juntamente com os pais e uma irmã, para o Brasil aonde radicaram-se em Salvador, no bairro do Rio Vermelho, permanecendo até hoje.

Aluno do Colégio Estadual Manuel Devoto, onde cursou o ginásio e o 2º grau, formou-se em Engenharia Civil, pela Escola Politécnica da UFBA em 1969, tendo exercido a profissão durante muitos anos.

Em 1972/73 residiu em Milão e Londres, respectivamente, pós graduando-se na área de calculo estrutural.

Alem das atividades profissionais de engenheiro e professor de matemática, sempre dedicou-se a servir ao bairro, tendo assumido a direção da comissão dos festejos do Rio Vermelho, nos anos de 1971/1972, e presidência do Clube de Praia Avenida em 1967, clube que marcou época no bairro, tendo inclusive parceria com os grandes clubes sociais da capital, a exemplo da Associação Atlética, do Clube Português e da AABB, dentre outros, aonde disputou diversas modalidades esportivas. O Avenida promovia ainda atividades socioculturais.

Sua influencia não se restringiu somente ao bairro do Rio Vermelho, pois, durante muitos anos, foi proprietário do famoso Restaurante Casa d’Itália, no centro da cidade, dando seguimento a atividade iniciada por seus pais e tios, local que se tornou uma espécie de consulado da turma do Rio Vermelho, ao longo dos anos e mais ainda durante o Carnaval, e ponto de encontro de desportistas, artistas, intelectuais e políticos.

Antecipando-se à data uma confraternização organizada pelos filhos Luisa e Luiggi e a esposa Solange, reuniu, no domingo (7), familiares e amigos. O encontro deu-se no tradicional restaurante Espaço Cultural Cantina da Lua ocasião em que o proprietário e famoso produtor cultural Clarindo Silva, homenageou-o com uma placa simbólica com os dizeres: Condomínio Giuseppe Talento, que ficará cravada na parede do estabelecimento, ao lado da de outras ilustres personalidades de renome nacional e internacional que por ali passaram como frequentadores ou visitantes.

Pino faz questão de afirmar que ainda está na ativa, fazendo cálculos que aparecem ou pequenas reformas nas horas vagas.

É torcedor ferrenho do campeão de Terra e mar Esporte Clube Vitória, e também Noelrosista confesso, que organiza há 40 anos a Noite de Noel Rosa na Cantina da Lua, nas noites de 4 de maio, quando se relembra a data do seu falecimento em 1937. O carnavalesco, é um dos fundador do bloco Geração Jovem Guarda, que há 17 anos concentra no Bar do Manu, no Largo da Mariquita, o mais antigo do bairro em atividade, às vésperas do cinquentenário, no dia 1º de julho de 2017.

O bloco que reúne parte da velha guarda do bairro que frequenta o bar, é conhecido como “ O senta e concentra, mas não sai”, pois não tem como principal objetivo desfilar, mas curtir relembrando antigos carnavais.

* Gildasio Freitas nasceu no Rio Vermelho, aonde residiu por 30 anos (1948/78), radicando-se depois em Lauro de Freitas. Escritor e historiador, é o atual vice-presidente da ALALF – Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas, sócio efetivo do IGHB-Instituto Geográfico e Histórico da Bahia e diretor da DIPAC- Divisão do Patrimônio Artístico e Cultural de Lauro de Freitas

70 anos de um ilustre morador do Rio Vermelho70 anos de um ilustre morador do Rio Vermelho

3 comentários:

  1. Adorei o texto. Boas lembranças. Obrigada Gildasio!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, muitos anos de vida para continuar curtindo os amigos e a família!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.