Header Ads

Apresentação de Coral agrada, mas local poderia ser melhor

O primeiro dia da programação de Coras no Rio Vermelho, na noite da última quinta-feira(10) iniciativa do Conselho Comunitário Social e Segurança em parceira com a 12ª CIPM, teve a apresentação do Coral Ars Cantandi, com a regência do maestro Carlos Veiga Filho. O encerramento ficou à cargo da Comandante da 12ª Major Milanezi e a presidente do Conselho Eloysa Cabral , que homenagearam o maestro ofertando-lhe um certificado com os agradecimentos das duas entidades .

A atração agradou aos frequentadores da praça, porém ,o local onde os cantores foram colocados, entre as mesas dos bares, prejudicou a visibilidade e até mesmo a audição das pessoas que estavam mais afastadas.

A Largo de Santana tem espaço bem mais adequado que sem dúvida valorizariam ainda mais a apresentação. A programação prossegue na próxima quanta feira com a apresentação do Coral Cantare, sob a regência das maestrina Heloisa leone e Isa Valois.

O coral Cantare é um grupo independente, que se reúne desde 1998 pelo simples prazer de cantar. São duas regentes, educadoras musicais, que se revezam na elaboração dos arranjos, nos ensaios e nas apresentações. Seus nomes: Heloisa Leone e Isa Valois.

O repertório do Coral é composto basicamente por músicas do cancioneiro popular do Brasil, com algumas peças de origem erudita ou internacional. O Coral Cantare em sua caminhada leva a Música e a alegria a igrejas, hospitais, abrigos, shoppings etc, além de ter instituído, por influência de Luis Mário, artista plástico baiano, a partir de 2002, a “Trezena Itinerante de Santo Antônio”, com o objetivo de manter a tradição dos cânticos e rezas populares em louvor a esse santo.

Em 31 de maio de 2010 o Coral lançou o CD Antônio! Tempo, Amor & Tradição no Teatro Martins Gonçalves (Escola de Teatro da UFBA), com o espetáculo ”Ô de Casa”, com texto e direção de Cristina Rodrigues.

Apresentação de Coral agrada, mas local poderia ser melhor

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.