Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Equipamentos do estado funcionam de forma precária no Rio Vermelho

Os equipamentos do governo do estado instalados no Rio Vermelho a exemplo da Biblioteca Juracy Magalhães Jr. e Sétima Delegacia, estão funcionando de maneira precária, precisando urgentemente da atenção do governo que tanto critica a obra realizada pelo prefeito no bairro, mas nada faz para dar melhores condições de funcionamento aos serviços que são de competência do estado.

Na Biblioteca, apesar do esforço do corpo de funcionários que se desdobra para manter o funcionamento, é cada vez menor o número de frequentadores, nesse que no passado foi o grande centro de difusão de cultura do bairro, mas que vem se deteriorando desde a gestão de Jaques Wagner, quando as Bibliotecas do estado que funcionam na capital, deixaram de ser prioridade. O ar condicionado faz tempo que não funciona, as paredes estão todas deterioradas precisando de pintura, a equipe do Blog do Rio Vermelho flagrou até funcionários que deveriam estar nos setores de atendimento ao público limpando as salas por falta de pessoal de apoio. Uma vergonha!  Na semana passada um frequentador da Biblioteca encaminhou carta a Associação dos Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv) estarrecido com a situação que encontrou, até mesmo o sanitário masculino estava interditado por falta de manutenção (confira a íntegra da carta abaixo) Não da para entender como o secretário de Cultura, professor Jorge Portugal que é uma pessoa tão engajada com a educação não vê uma situação dessa!

Na Sétima Delegacia é a mesma coisa, a estrutura do prédio uma lástima, a falta de manutenção é visível e as condições de trabalho são precárias, não tem nem uma linha telefônica para receber uma ligação, os equipamentos são ultrapassados ou demandam manutenção, a impressora por exemplo, nem sempre funciona. O pessoal se vira para atender as pessoas com um mínimo de dignidade, mas é muito difícil trabalhar assim! Essa situação não é nova, em 2014 as entidades do bairro  se mobilizaram e chegaram até a entregar um oficio à Secretaria de Segurança Pública pedindo apoio para estruturar melhor a Delegacia, na época até que alguma coisa foi feita, mas muito longe de atender às necessidades para um bom funcionamento. Ai a gente fica se perguntando onde está mesmo essa tal prioridade que dizem ter com educação e segurança. Tudo conversa fiada!  

Um frequentador da Biblioteca encaminhou carta a Associação dos Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv)
Um frequentador da Biblioteca encaminhou carta a Associação dos Moradores e Amigos do Rio Vermelho (Amarv)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.