Header Ads

Lálá Multiespaço no Rio Vermelho

Sim, ele está de volta! O charmoso espaço cultural da Rua da Paciência reabre em 2017 com uma grande ocupação cultural que vai de 5 de janeiro a 16 de fevereiro. O Lálá Multiespaço recebe exposição de arte, performance e música boa, diariamente. A entrada é Catraca Livre de quarta a sábado para a mostra e R$ 20 às quintas para os shows que começam às 21h.

A multiartista Rebeca Matta é a primeira a ocupar o sobrado. Além da criação de uma sereia em grande formato para a nova fachada da casa, Rebeca expõe desenhos e pinturas e apresenta quatro shows, nos dias 12, 19 e 26 de janeiro e 9 de fevereiro, sempre às quintas-feiras.

A Ocupação Rebeca Matta toma o Teatro dos Balanços, o Bar da Torre, paredes e escadas com desenhos, pinturas e obras de técnicas mistas da artista, tornando o Lálá uma grande instalação. Nas telas, a leitura poética de um mundo em movimento. “Nada há o que interpretar, mas tudo a experimentar; tudo deverá fazer sentido (ou não) unicamente por sua força real de experimentação e criação. Os sons, as cores, as imagens... São intensidades afetivas eafirmação de vida”, explica a artista.

Nos dias 12 e 19 de janeiro, Rebeca apresenta repertório autoral, acompanhada de Luisão Pereira no baixo e sintetizadores, Ian Cardoso na guitarra e Thiago Trad nos beats eletrônicos e percussão. Nos dias 26 de janeiro e 9 de fevereiro, o repertório reúne canções de Tom Zé, Adoniran Barbosa, Ataulfo Alves, The Beatles, Radiohead, entre outros – e uma banda formada apenas por mulheres: Carla Suzart (baixo), Kamile Levek (guitarra) e Fernanda Monteiro (violoncelo), além de outras convidadas especiais.

Multilinguagens

Com quatro discos e um DVD, participações em vários projetos importantes e prêmios – como o de cantora-revelação de 1999 da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) –, Rebeca demonstra na sua música a abertura e o interesse pela experimentação sonora e rítmica e principalmente a relação entre essas imagens sonoras, as imagens visuais e a poesia, que para ela funcionam sempre juntas, como expressão do desejo, de questões e sensações que afirmam uma maneira de sentir e viver e de explorar as relações entre as coisas, entre os homens e a natureza. (Informação Catraca Livre).

A multiartista Rebeca Matta ocupa o Lálá - Créditos: Uanderson Brittes 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.