Header Ads

Sábado (01) tem Banda Pato Fu na Mariquita (se a chuva deixar)

O Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, será o ponto de encontro de antigos e novos fãs da Pato Fu, uma das atrações mais aguardadas para o Festival da Cidade. A banda mineira se apresenta neste sábado (01), às 21h, como parte da turnê “Não pare pra pensar”, que convida o público a experimentar viver suas próprias vontades com espontaneidade, sem se importar com os julgamentos. A turnê leva o nome do novo disco da banda, que tem clima de festa e forte pegada eletrônica, uma alternativa aos fãs adultos da Pato Fu que tiveram a chance de curtir a experiência do projeto "Música de brinquedo" – comprovando a versatilidade e personalidade do grupo.

“Já ensaiamos o que vai ser o repertório do show do Festival da Cidade. Faz tempo que estivemos em Salvador, e a última vez foi com "Música de Brinquedo". Nosso público sempre comparece em peso, e com certeza estará presente para ouvir as músicas que tem saudade e aquelas do show da nossa nova turnê ‘Não pare para pensar’, que parte de um disco dançante, mais alegre. Temos uma base de fãs muito aberta às propostas da banda, com projetos inusitados e sonoridades diferentes, como foi o Música de Brinquedo, e tenho certeza que todos vão gostar desse show”, afirma a vocalista da banda, Fernanda Takai.

A cantora, que também mantém carreira solo, evidencia seu entusiasmo em fazer parte de um evento como o Festival da Cidade, que reúne as mais diversas manifestações artístico-culturais em diversos pontos da capital. “Fiquei feliz em saber que vamos fazer parte de um evento como esse, que é tão diversificado, com apresentações de todos os gêneros. É saudável para o público poder percorrer palcos diferentes e montar sua própria programação, nessa cidade que também faz parte da minha história. Salvador tem essa brisa de nostalgia para mim, o que me deixa feliz”, observa, recordando o período em que soltava pipas com a família no Farol da Barra, na época em que, ainda jovem, morou no bairro de Ondina.

O álbum – “Não pare pra pensar” é o décimo álbum de estúdio (e 12º no total) da Pato Fu. Para essa nova produção, depois da experiência do projeto "Música de brinquedo", foi pensado num som que fosse festivo e que tivesse vigor. Esse é, segundo a própria banda, o disco mais rock desde “Ruído rosa”, de 2001. O disco tem também a participação especial do cantor Ritchie, inglês radicado no Brasil, autor do clássico “Menina veneno”, os anos 1980. Ritchie e Fernanda dividem os vocais da música “Pra qualquer bicho”.

A banda – Além de Fernanda Takai nos vocais, a banda é formada por John Ulhoa (guitarras, programações, teclados, violões e voz), Ricardo Koctus (baixo e voz), Lulu Camargo (teclados e arranjos orquestrais) e Glauco Mendes (bateria), ocupando o banquinho - de peso - deixado por Xande Tamietti, que saiu da banda para se dedicar a projetos pessoais. O grupo ficou sete anos sem um disco de inéditas, e agora volta a percorrer o Brasil com apresentações que marcam sua história.

Formada em 1992, em Belo Horizonte, a banda foi considerada pela revista Time, uma das dez melhores do mundo fora dos Estados Unidos, ao lado de nomes como Radiohead e U2. Com o álbum "Música de brinquedo", lançado em 2010, o grupo conquistou o Disco de Ouro, em 2011, Grammy Latino, e a gravação do DVD ao vivo por seu selo independente Rotomusic. Neste mesmo ano, a banda se tornou a primeira sem gravadora com um disco de vendagem superior a 40 mil discos.

Sábado (01) tem Banda Pato Fu na Mariquita (se a chuva deixar)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.