Header Ads

Fundação afirma em nota que problemas da Biblioteca do bairro estão resolvidos, então tá!

Prezados,

estamos entrando em contato, visando retornar com informações relevantes quanto ao texto publicado na segunda-feira(13) sobre a Biblioteca Juracy Magalhães. A Fundação Pedro Calmon, vinculada a Secretaria de Cultura, informa que devido à forte chuva ocorrida no último dia 22 de março, parte do telhado da Biblioteca Estadual Juracy Magalhães Junior - Rio Vermelho foi danificado, resultando em infiltrações nas instalações físicas da unidade. Por conta de tal ocorrência, parte da biblioteca foi isolada de forma preventiva visando evitar danos e prejuízos maiores e, principalmente, resguardar o acervo.

Após visita técnica, a Fundação Pedro Calmon avaliou o dano causado pelas chuvas e identificou a necessidade de intervenções físicas. O primeiro passo foi dado na segunda-feira (27) com o serviço da retirada da água empoçada na laje. Na terça-feira (28), foi realizado o conserto do telhado com trocas de barrotes e de telhas quebradas, visando resolver de imediato à infiltração na Juracy Magalhães Junior.

A atuação não está restrita à ação de reparo, pois a Fundação vem atuando na construção de um projeto que atenda e supra as demandas de reforma da Biblioteca. Estamos na fase do levantamento das necessidades e da elaboração do orçamento para atender os itens identificados como importantes nas visitas técnicas, bem como pela própria comunidade, tais como: reforma da cobertura, revestimento das fachadas, troca de pisos e revisão e ampliação da rede elétrica.

Este é o desenrolar das ações iniciadas no mês passado, quando a Biblioteca Juracy Magalhães Júnior do Rio Vermelho passou por uma pequena reforma, que compreendeu a pintura da recepção e do Setor de Pesquisa da Unidade.

Vale salientar que, a Fundação Pedro Calmon/SecultBA vem investindo esforços para que todas as medidas tomadas sejam aplicadas paralelamente ao funcionamento parcial da Biblioteca, entendendo a importância que a mesma possui para o bairro.

Seguimos a disposição para informações e contribuições,

Leia também:

Mobilização pela recuperação da Biblioteca continua

Amarv começa a articular mobilização em defesa da Biblioteca do bairro

Fundação afirma em nota que problemas da Biblioteca do bairro estão resolvidos, então tá!

2 comentários:

  1. Infelizmente essa pratica equivocada de querer tapar o sol com a peneira predomina nos setores públicos. Em lugar de reconhecer o problema, preferem adotar uma postura arrogante e divulgar nota de que tudo está bem, só que não. Faz tempo que o Blog acompanha a situação desse equipamento tão importante para o bairro e vem mostrando a os problemas causados pela falta de manutenção.Havia até um movimento na Comunidade de uma campanha para ajudar a Biblioteca, mas como essa nota da Fundação, fica claro que não há necessidade porque tudo está bem.

    ResponderExcluir
  2. Apesar do esforço a situação permanece a mesma, após o fim da operação tudo voltou, passei na rua da paciência após às 1h do dia 8 de abril, em menos de 100mts de rua presenciei três carros com som de trio elétrico e vendedores de tudo: produtos e serviços legais e ilegais. Enquanto isso uma base móvel da PM permanece no estacionamento, quase que deserto, em Ondina. Uma sugestão é estacionar a base móvel com efetivo suficiente em frente ao empreendimento Chico colchões, do lado da orla, na pista em direção a Amaralina, de quinta-feira a domingo todas as semanas.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.