Header Ads


Denuncie maus tratos contra crianças, disque 100

Entidades pedem ao Secretário Maurício Barbosa mais segurança para o Rio Vermelho

Representantes de entidades do Rio Vermelho estiveram na manhã desta quarta-feira(07) em audiência com o Secretário de Segurança Publica, Mauricio Barbosa, para solicitar mais segurança para bairro. Após as obras de requalificação o fluxo de visitantes aumentou consideravelmente ,novas casas comerciais se instalaram e toda essa movimentação fez crescer também os delitos na área. Nos primeiros meses deste ano o grande número de ocorrências, arrombamentos, invasões tanto de casas comercias como residências, roubos de carros, inclusive com pessoas baleadas, deixaram moradores e comerciantes assustados .

Eles solicitaram um olhar diferenciado em termos de segurança para o Rio Vermelho pelas especificidades da área .O bairro tem uma grande movimentação durante o dia, com o funcionamento de escolas, universidade, bancos etc, mas se intensifica bastante no período noturno devido as inúmeras opções de lazer, a grande rede de bares e restaurantes e os novos espaços abertos com a requalificação, com essas características, o que se vê durante toda a semana é uma grande quantidade de pessoas nas ruas, de modo especial no trecho do Largo de Sant´Anna até a Paciência , que vai da madrugada até o amanhecer.

Os representantes das entidades foram unanimes ao ressaltar a parceria e envolvimento tanto da 12ª como do delegado titular da 7ª Delegacia, em adotar ações no sentido de conter a violência no bairro, mas pontuaram que existem deficiências que impedem uma atuação mais efetiva, entre elas o contingente reduzido tanto na Delegacia como na 12ª, que está atuando com menos da metade do pessoal necessário.

Solicitaram o aumento do número de investigadores para a Sétima Delegacia material operacional e viaturas. Pediram mais atenção com as instalações físicas do imóvel que se encontra em situação bastante precária . Outro ponto que ficou bastante explicito foi em relação ao atendimento das vítimas o que tem deixado muito a desejar, fator, que de acordo com os representantes do bairro , tem se revelado determinante no desestimulo das pessoas de se dirigirem à unidade para registrar ocorrência.

O Secretário ouviu as ponderações, disse que o bairro tem características especificas pala visibilidade e reconheceu que muita coisa precisa melhorar, porém, em relação ao aumento de pessoas , adiantou que infelizmente não tem estoque suficiente para atender aos 100 % necessário, mas assegurou que alguma coisa será feita nesse sentido. Cogitou a possibilidade de fazer uma visita administrativa extraordinária à Delegacia e mostrou-se bastante preocupado com relação ao atendimento do cidadão. Segundo ele, não tem cabimento uma pessoa procurar atendimento e ser tratada de forma inadequada, nessa questão ele acredita isso pode e deve ser melhorado. O Secretário também destacou a importância da atuação dos Conselhos e da participação da comunidade e sugeriu à Diretora do Departamento da Policia Metropolita, Delegada Maria Fernanda Porfírio, que esteve presente à reunião, uma integração maior entre a Polícia Civil e os Conselhos.

Participaram da audiência Tenente Coronel Portugal, subcomandante do CPRC-A, Major da PM Milanezi, comandante da 12ª CIPM, Eloysa Cabral , membro do Conselho Comunitário e de Segurança, Lauro Mata, da AMARV, Sílvio Pessoa, do Sindicato dos Hotéis e Restaurantes, Cleodo, da Associação da Vila Caramuru, Blog do Rio Vermelho dentre outros.

Entidades pedem ao Secretário Maurício Barbosa mais segurança para o Rio Vermelho

Um comentário:

  1. As entidades estão se mobilizando é preciso também que a comunidade se manifeste

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.