Header Ads

Setembro Amarelo mês de prevenção ao suicídio

Ainda exististe muito tabu  para se falar em suicídio, mas esse  é um tema que precisa ser discutido com mais frequência, o  Brasil, atualmente, ainda figura na lista dos 10 países com maiores notificações de suicídio. É um assunto importante, que deveríamos trazer à tona por mais vezes, por tratar-se de um ato contra-hegemônico e não inerente à espécie humana. Por isso, pelo terceiro ano consecutivo, o Centro de Artes, Humanidades e Letras – CAHL/UFRB por meio  do Colegiado de Licenciatura em Ciências Sociais e do Observatório Social da Juventude – OSJ, realizará a 3ª. Edição da Campanha do Setembro Amarelo: interlocuções pertinentes com a temática geradora “Cuidar de Sí e Cuidar do Outro”. Neste ano às atividades acontecerão no formato remoto através de Canal de Youtube da TV UFRB entre os dias 17/09 de 01/10 . Envolverá representantes da UFRB, UNEB, FLACSO – Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais e do Observatório Social da Juventude – OSJ/UFRB.

 Como proposta para discutir o tema, que ainda é considerado um tabu, o evento reúne 5 eixos dialógicos:

 1. Saúde mental e vida estudantil – os sentidos do amarelo.

2. Uma pandemia latente – evolução do suicídio – Indiciadores do suicídio e gatilhos.

3. Diálogo e amparo: suicídio entre jovens durante e pós pandemia.

4. Adoecimento mental entre a população LGBTQIA+

4. Saúde mental, vida estudantil e marcadores sociais (gênero, classe, raça e etnia)



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.