Header Ads

Essas árvores precisam de atenção

Essas árvores precisam de atenção
Essas árvores que embelezam e dão sombra, tornando a Rua do Canal mais humana, apesar da fedentina que exala do Rio Lucaia, precisam de atenção. Se não houver uma ação rápida para livra-las das pragas, dentro de pouco tempo, poderão ser lembradas apenas pelas fotos.

Um comentário:

  1. Eu sempre me bati pela questão das árvores, assunto muito importante numa cidade como a nossa ,que vive sob o sol do nordeste praticamente o ano inteiro. Não apenas pelo conforto das pessoas, como pelo embelezamento dos espaços e ainda pela questão da oxigenação do ar. As árvores que temos pela cidade, ou são amendodeiras que sujam por demais as ruas com a folhagem que soltam, ou são plantas mirradas que não crescem e não morrem São indecisas !. O pessoal não sabe ou não acertou qual o tipo de árvore que deve ser plantado, em larga escala , na cidade. Um exemplo disso , a meu ver, são os coqueiros plantados na orla da Barra a Itapoã. A maioria , raquítica que isiste em decidir se morre ou desenvolve. Durante toda a minha vida sempre vi plantarem coqueiros utilizando-se as nozes secas e germinadas. Veio a novidade de transplantarem mudas, no que não confio e não deu certo. Do jeito que a coisa vai ,vamos acabar ficando sem coqueiros, uma das nossas marcas tradicionais. Muitas delas, a meu ver, já estavam doentes quando mudaram de ambiente. É preciso plantar, e p´antar e plantar... As melhores árvores que temos na cidade ( Corredor da Vitoria - a meu ver , como tipo ) foram plantadas pelos nossos bisavós . Graças a Deus , continuam viçosas. Algumas outras estão bem, poucas, é verdade , mas é preciso manutenção. No entanto, uma boa quantidade está podre e corroída pelos cupins. Na verdade, além de não saberem escolher e plantar, não se tem feito podação (ou poda ?) .. Os funcionários da prefeitura, quando aparecem , é para cortar uns galhos que estão incomodando ou mesmo para tirar uma árvore caída do caminho., liquidando o assunto com uma moto-serra !

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.