Header Ads

Arborização Urbana terá novas diretrizes

Arborização Urbana terá novas diretrizes A Secretaria Cidade Sustentável (Secis) lançou em seu site uma minuta que estabelece como serão Qualquer cidadão pode ter acesso ao documento no endereço eletrônico www.sustentabilidade.salvador.ba.gov.br e contribuir para o debate em torno do assunto.
as diretrizes do Plano Diretor de Arborização Urbana.

A minuta estabelece como deverá ser realizada a arborização da cidade, desde o plantio, cortes e podas até as penalidades impostas para quem não seguir as normas estabelecidas no documento, onde já estão incluídos os valores das multas, numa tabela detalhada com o motivo da infração.

O secretário da pasta, André Fraga, informa que o programa tem o intuito de organizar a forma como são plantadas as árvores na cidade para que a vegetação possa entrar em harmonia com as construções, sem danos maiores. “O objetivo do plano é organizar a arborização da cidade e definir a estrutura do plantio para que seja feita de forma adequada e também informar o que pode e o que não pode ser feito e quais as espécies mais adequadas para o plantio”, resume o secretário.

Além da ordenação da área verde da capital, o projeto prevê que com essa atitude possa estabelecer um sistema de preservação e monitoramento desses locais e ainda estimular a população a ter mais consciência sobre a questão ambiental em Salvador. O Plano de Arborização vai se juntar a outras ações da Secis, como a Coleta Seletiva e a Escola Municipal de Jardinagem Itinerante, que tem o intuito de conscientizar e estimular a preservação ao meio ambiente.

Inicialmente, o projeto deve contar com o apoio de outros órgãos da Prefeitura e, posteriormente, a população deve ser integrada no processo de manutenção e preservação das áreas arborizadas. De acordo com o secretário da Secis, uma consulta pública será marcada para que a população participe e traga ideias para o aperfeiçoamento do plano. (Informe Agecom)

Um comentário:

  1. Ok. Vamos aguardar e dar toda a colaboração que for possível. Salvador precisa de árvores , como todas as cidades, mas árvores que produzam conforto para a população; árvores que produzam sombras , principalmente nos locais mais quentes. Estamos à disposição e aplaudindo a iniciativa , que já vem tarde demais , mas, enfim, está chegando ! Antes tarde que nunca, non é vero ?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.