Header Ads

Produtora cultural assaltada no Rio Vermelho relata situação caótica encontrada na 7ª Delegacia. Isso é uma vergonha!

 Produtora cultural assaltada no Rio Vermelho relata situação caótica encontrada na 7ª Delegacia. Isso é uma vergonha!  A produtora cultural Lara Dhe, moradora do Rio Vermelho foi mais uma vítima da bandidagem que vem tirando o sossego do bairro.

Confira abaixo relato encaminhado por ela à redação da Red River TV que o Blog reproduz na integra.

INDIGNADA!!! Há 15 anos vivendo no paradisíaco Rio Vermelho...fui assaltada com violência ontem. Coisas materiais ...não importam. Minha indignação é com a negligência e o descaso do Estado...na delegacia de um bairro importante para a economia da cidade, histórico e turístico não há delegado/a titular...só havia um policial e o sistema não funcionava...segundo relatos há meses têm problemas com o servidor....Hoje fui prestar a queixa (B.O.) não havia delegado/a para assinar, pois o substituto/a não aparece há dias..."talvez" só na próxima semana...não havia energia elétrica em parte do prédio....a porta teve que ficar aberta que para que alguma iluminação acontecesse....o ar condicionado não funcionava...todos suando muito tornando o ambiente desagradável...o sistema era inconstante...Estavam de plantão três policiais para o atendimento total...nenhum deles possuem habilitação para conduzir a única viatura que estava estacionada....Tive mais pena deles do que de mim, a vitima dessa negligência...A violência só aumenta...e não se faz nada! TRISTE BAHIA!

Blog do Rio Vermelho - Essa situação da Sétima Delegacia é antiga e já foi levada ao conhecimento da Secretaria de Segurança desde agosto de 2014 pelo Conselho Social de Segurança do Rio Vermelho/ Ondina e a Amarv, mas, infelizmente, nenhuma providência foi tomada. Infelizmente esse é tratamento que o cidadão recebe nesse Estado de muita propaganda e pouca ação.

Leia também:

Onde fui roubado

Conselho de Segurança do bairro, participe

Comunique a violência que sofreu virtualmente às autoridades

Consulte online a placa policial ou os antecedentes criminais no Sinesp Cidadão

Sistema de Informação para Proteção à Pessoa já está disponível em lojas de aplicativos - SIPP

14 comentários:

  1. Atuei como cidadã! Esse relato de indignação é para contribuir para a mrlhoria da segurança do bairro que escolhi para viver! O Rio Vermelho não merece esse descaso...nem nós os cidadãos! #paz #PMBahia

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. É preciso união da população para que o poder publico enchergue esse absurdo...Além de estarmos refém em nossa própria casa, ainda temos que conviver com a falta de segurança da propria policia...porque as vezes ate querem trabalhar. Mas não tem condições minimas para que isso aconteça

    ResponderExcluir
  5. Queria aproveitar a indignação da moradora, referente a 7° Delegacia, para informar sobre a lamentável falta de posturas dos policiais. Os mesmos estacionam seus veículos particulares e viaturas na ladeira que da acesso a rua Monte Conselho, assim causando um enorme congestionamento na ladeira e atrapalhando tanto os pedestres, como nós motoristas.
    Já entrei em contato com a TranSalvador, o que me responderam foi que nada poderia ser feito, pois os policiais ameaçavam os guardas na hora de aplicar multa nos veículos estacionados em local proibido. Gostaria de solicitar ajuda desse Blog para essa questão.

    ResponderExcluir
  6. Absurdo. O cidadão de bem não tem mais liberdade. Cada vez mais vai ficando prisioneiro por conta dessa violência e da falta de segurança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O descanso é que nos deixa mais indignados, temos que ter mais segurança.

      Excluir
  7. O descanso é que nos deixa mais indignados, temos que ter mais segurança.

    ResponderExcluir
  8. Fui vitima em maio de 2014, morando a mais de 20 anos no bairro, sinto que realmente a violência aqui aumentou.

    ResponderExcluir
  9. Difícil conviver com essa violência. Pior que não vemos nenhuma ação para melhorar.

    ResponderExcluir
  10. O Descaso é por parte do Governo do Estado...existem 800 novos policiais civis TODOS COM CNH E NÍVEL SUPERIOR que concluíram o curso de formação e ainda não foram nomeados ( DELEGADOS, ESCRIVÃES E INVESTIGADORES).

    ResponderExcluir
  11. EXATAMENTE!!! O GOVERNO DO ESTADO é o responsável, pois não dá adequadas condições de trabalho aos Policiais que estão servindo à população. Todos somos vitimas! Precisamos lutar para que os policiais tenham condições de nos defender.

    ResponderExcluir
  12. Exatamente, a culpa é do GOVERNO DO ESTADO, tem mais de 18 anos que não realizava um concurso para a polícia civil, em 2013 foi realizado e até hoje não foram nomeados, 800 policiais formados e querendo trabalhar e o GOVERNO vai empurrando com a "barriga" para usar como palanque eleitoral, ao invés de colocar para trabalhar logo e diminuir um pouco a falta de policiais nas delegacias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto coisas absurdas como esta acontecem, o governo gasta com uma campanha publicitária milionária e inverídica. "Vovó, partiu Piraja" e foi comer um abara na Lapa. Além de ter detonado um bairro,( é o que diz o grave erro da frase), ela foi comemorar o desgoverno, o descaso a insegurança?

      Excluir

Tecnologia do Blogger.