Header Ads

Cetro da Ancestralidade, do vandalismo ao descaso

Provavelmente o Rio Vermelho é o único bairro a ter o privilegio de uma obra de rua do Mestre Didi. Muita gente não sabe, ou não quer saber o que representa esse trabalho. O fato é que os vândalos não dão sossego ao monumento e a prefeitura também permanece alheia ao que acontece. Faz tempo que a asa de uma das pombas foi arrancada, e assim permanece. Agora amarram umas cordas e não aparece ninguém para retirar. Essa falta de cidadania e educação é mesmo um problema!

Leia Também:
Vandalismo x Restauração

Cetro da Ancestralidade, do vandalismo ao descaso
Cetro da Ancestralidade em 27 jan 2018

Um comentário:

  1. Digo e repito: cade a Guarda Municipal para cuidar do patrimônio publico?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.