Header Ads

Marcação de consulta lidera procura nas Prefeituras-Bairro

Os serviços de saúde têm sido um dos carros-chefes das Prefeituras-Bairro de Salvador. De janeiro a junho de 2017, 74,5 mil marcações de consulta e exames foram solicitadas nas unidades descentralizadas da administração municipal. Hoje, ocupa o topo da lista dentre todos os serviços oferecidos, seguido pelo cadastramento no Bolsa Família (55,1 mil pedidos) e pela retirada de medicamentos (45,4 mil).

No mesmo período, 50,3 mil cartões do SUS foram confeccionados e 51,2 mil medicamentos foram distribuídos. Somadas, as demandas de saúde representam cerca de 40% dos 434 mil atendimentos realizados nas unidades de janeiro a junho deste ano.

Em relação à marcação de consulta, as unidades que tiveram maior procura foram as do Subúrbio, com 15,4 mil solicitações; Valéria, com 10,2 mil e Pau da Lima, com 9 mil. Para marcar a consulta, o cidadão precisa se dirigir a uma unidade da Prefeitura-Bairro mais da residência com o RG, CPF, cartão do SUS e requisição do médico em mãos.

A guia de solicitação médica não é necessária para os seguintes procedimentos: atendimento clínico, ginecológico, oftalmológico e pediátrico. A presença do paciente não é obrigatória. Se o interessado pela consulta não estiver em condições de comparecer ao local, o procedimento pode ser solicitado por terceiros, desde que o solicitante esteja com os documentos originais do requerente em mãos.

Todas as especialidades médicas abrangidas pela Rede Pública de Saúde, no âmbito do município, são disponibilizadas para a população nas Prefeituras-Bairro. É possível marcar consultas para médico clínico, pediatra, oftalmologista, cardiologista e fisioterapeuta, por exemplo. A disponibilidade de vagas para cada especialidade é conferida no momento do atendimento.

  • Cartão SUS – Tão importante quanto a marcação é a confecção do Cartão SUS, uma vez que ele serve de porta de entrada para qualquer atendimento do Sistema Único de Saúde. As Prefeituras-Bairro que mais entregaram o cartão, esse ano, foram as do Subúrbio (8,4 mil), Centro (6,5 mil) e Cabula (5,9 mil). Para fazer o documento, o cidadão precisa ter em mãos o RG, CPF e comprovante de residência atualizado em seu próprio nome ou no nome dos pais. A documentação é exigida tanto para a solicitação de primeira via, quanto para o pedido de mudança de endereço para outro estado ou município. O Cartão SUS é feito em menos de 30 minutos e entregue no mesmo dia.

  • Medicamentos – De maneira complementar às unidades de saúde da cidade, as Prefeituras-Bairro também realizam entrega de medicamentos para controle ou tratamento de doenças como hipertensão e diabetes. A Prefeitura-Bairro de Cajazeiras foi a que mais entregou medicamentos à população esse ano. De janeiro a junho, 9,8 mil medicamentos foram fornecidos. Na unidade, as substâncias mais procuradas são Losartana, Anlodipino, Sinvastatina, Omeprazol e Dipirona. Os medicamentos são indicados, respectivamente, para o tratamento de hipertensão, doenças cardíacas e cardiovasculares, dores no estômago e dores em geral.

  • Atendimento – Ao todo, dez prefeituras-bairro prestam atendimento à população de Salvador de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. São elas: a prefeitura-bairro do Subúrbio/Ilhas, Centro/Brotas, Cajazeiras, Itapuã/Ipitanga, Cidade Baixa, Pau da Lima, Cabula/Tancredo Neves, Liberdade São/Caetano, Barra/Pituba e Valéria.

Marcação de consulta lidera procura nas Prefeituras-Bairro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.