Blog do Rio Vermelho, a voz do bairro

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher

 Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher O Dia Internacional de Luta Pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna, 28 de maio, é fruto da mobilização de mais de duas décadas do movimento pela saúde das mulheres. Em Salvador, uma sessão especial na Câmara de Vereadores debaterá estratégias nos âmbitos municipal e estadual para a redução dos índices de mortalidade e execução do Pacto Nacional pela Redução da Mortalidade Materna, formulado pelo Ministério da Saúde.

O evento será promovido pelas Comissões de Defesa do Direito da Mulher da Câmara Municipal de Salvador e da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta quinta-feira(28), às 9h. O evento, intitulado "Dia de Luta pela Redução da Mortalidade Materna: Em Defesa da Vida das Mulheres", tem o intuito de chamar a atenção da sociedade para as causas de morte maternas. Além disso, visa ampliar o debate público sobre os direitos das mulheres. “Esse é um problema grave de saúde pública, a Bahia tem uma das maiores taxas de mortalidade materna do Brasil, nós queremos chamar atenção para as causas do problema. Entre elas, estão as deficiências na atenção integral à saúde da mulher,na assistência humanizada ao parto, no pré natal de qualidade e acesso à métodos contraceptivo“, explicou a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, vereadora Aladilce Souza(PCdoB).

Foram convidados para a sessão representantes das secretarias municipal e estadual de saúde e de política para mulheres, Ministério Público Estadual, Ministério da Saúde, movimentos sociais de mulheres e especialistas de instituições de saúde.

Nesta quarta-feira, às 19h, tem reunião da comissão de acompanhamento das obras do bairro, no SESI

Nesta quarta-feira, às 19h, tem reunião da comissão de acompanhamento das obras do bairro, no SESI Atenção! hoje às 19h, no Teatro do SESI será realizada a segunda reunião da Comissão para acompanhamento das obras de requalificação do Rio Vermelho. A reunião é aberta aos moradores. É bom que compareçam porque a obra vai afetar todo o bairro. Muita gente não quer se dar ao trabalho de participar das reuniões, depois reclama que não tem informação do que está acontecendo.

Leia também:

Lideranças e comerciantes do bairro se mobilizam para interferir e acompanhar obras de revitalização do bairro

Muito lixo na praia de Santana

Muito lixo na praia de Santana
Funcionários da Limpurb passaram boa parte da manhã desta quarta-feira(27)
recolhendo lixo na areia praia de Santana.

Cratera da Paciência coberta

Cratera da Paciência  coberta A Prefeitura resolveu cobri a cratera da Paciência. Na manhã desta quarta-feira(27), operários trabalharam no local cobrindo o buraco com um plastico preto, usado para proteger as encostas e colocando sacos de areia na beirada do passeio para impedir que o vento remova a cobertura. Há quatro anos era apenas um buraquinho que foi crescendo com os constantes deslizamentos de terra sem que o poder publico adotasse nenhuma providência, situação que o Blog vem mostrando ano a ano. Com as chuvas deste mês, uma parte do passeio também cedeu e se continuar nesse processo , não vai demorar para despencar toda a pista, antes mesmo do inicio das obras de requalificação do bairro. Ao menos agora, pelo visto, perceberam o tamanho do perigo, mas como a terra ainda está fofa, o melhor mesmo é evitar passar por esse trecho.

Leia também: Crateras no Rio Vermelho

Cratera da Paciência  coberta Cratera da Paciência  coberta

terça-feira, 26 de maio de 2015

Ônibus de Salvador serão monitorados

Ônibus de Salvador serão monitorados
Foto/divulgação
Foi inaugurado nesta terça-feira (26) pelo prefeito ACM Neto, o Centro de Controle Operacional (CCO) do sistema de transporte público,A ferramenta permite acesso rápido aos motoristas nas ruas, sem necessidade de intermediação com as empresas concessionárias do sistema. Isso só é possível graças à instalação de GPS em todos os 2,7 mil veículos que compõem a frota. 

Com isso, é possível identificar minunciosamente o roteiro dos ônibus, o tempo de circulação deles, as paradas nos pontos, além de possibilitar a mudança de itinerário caso seja visualizado alguma eventualidade. Para o perfeito funcionamento do CCO, todos os mais de três mil pontos de ônibus de Salvador foram georreferenciados. Através deste recurso e dos GPS instalados nos coletivos, o centro apresenta todas as alterações no sistema do transporte público em tempo real, via satélite. Os dados que abastecem este sistema são os mesmos fornecidos para os painéis informativos disponíveis nos principais pontos da cidade, como estações de transbordo de universidades.

Os primeiros já foram instalados na Estação da Lapa (cinco TVs), Universidade Católica de Salvador (Ucsal - Pituaçu), avenidas Tancredo Neves (Hospital Sarah), Mário Leal Ferreira (Bonocô, posto BR Mataripe), Luiz Viana Filho (Paralela, saída do Imbuí) e Manuel Dias da Silva (igreja Nossa senhora da Luz), Rio Vermelho (Mercado do Peixe). Os próximos a serem instalados deverão contemplar as estações Iguatemi, Pirajá e Mussurunga, Ogunjá (Ceasa), Ondina (praça das Gordinhas), avenidas Juracy Magalhães Júnior (Mercado do Rio Vermelho) e Vasco da Gama (via exclusiva) e Universidade Federal da Bahia.( Com informação da Ascom)

Moradores do Morro das Vivendas denunciam abandono do local

 Moradores do Morro das Vivendas denunciam abandono do local O Morro das Vivendas está sofrendo uma ação de degradação. Muitos moradores têm procurado os órgãos da prefeitura sem quaisquer respostas. De um lado, há um sério acúmulo de lixo em um local que se transformou num ponto de descarte de entulho que está ameaçando a saúde pública, pois corre o risco de ser um foco de mosquitos transmissores da dengue. Por outro lado, num área ao lado da  praça (que deveria ser um dos patrimônio do Rio Vermelho), estão usando como pasto de cavalos. Um verdadeiro absurdo! No início era apenas um cavalo, mas já são cinco  pastando dia e noite.

Os moradores estão revoltados com a sensação de abandono, sobretudo porque pagam  um IPTU que registra nos boletos "Área Nobre".

domingo, 24 de maio de 2015

É melhor tomar providências antes que aconteça uma tragédia

É melhor tomar providências antes que aconteça uma tragédia
Já tem pedra completamente solta
São muitas os trechos no Rio Vermelho onde barrancos necessitam de intervenções urgentes, todos mostrados pelo Blog em inúmeras postagens. Se providências fossem tomadas nos períodos de estiagem, sem dúvida, muitos problemas poderiam ser evitados. Um dos pontos mais críticos é o trecho da Rua Osvaldo Cruz, onde existe um morro, que vai da entrada da Rua Nelson Galo, até subida da Macaúbas. Nessa área, sempre quando chove forte, corre terra, inclusive árvores já despencaram. O agravante é que nesse local tem pedras enormes, algumas  soltas, que podem rolar acarretando tragédia de grandes proporções, considerando que o local tem um transito intenso e muitos pedestres, inclusive estudantes dos diversos colégios dos arredores circulam diariamente pelo passeio. Na tarde deste domingo a prefeitura esteve no local, retirando a terra da pista, resultado de mais um deslizamento na área. Seria prudente uma avaliação mais detalhada dos técnicos em toda extensão do morro  para verificar se tem algum risco de deslocamento das pedras. É melhor prevenir do que lamentar.

É melhor tomar providências antes que aconteça uma tragédia
Prefeitura trabalhando para retirar terra da pista na tarde de domingo na Rua Osvaldo Cruz

sábado, 23 de maio de 2015

Lideranças e comerciantes do bairro se mobilizam para interferir e acompanhar obras de revitalização do bairro

Lideranças e comerciantes do bairro se mobilizam para interferir e acompanhar obras de revitalização do bairro
Em reunião realizada no último dia 21 de maio de 2015 às 18:00 no Restaurante Casa de Tereza, comerciantes do bairro solicitaram aos representantes dos órgãos da prefeitura, a realização de intervenções dentro do projeto de revitalização do bairro, visando corrigir problemas que afetam a comunidade. Participaram da reunião Lauro da Mata Presidente da AMARV e morador do bairro, Antonio Portela Presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e similares, Proprietário da Companhia da Pizza e morador, Sara Cardoso, Proprietária do Hotel Catarina Paraguassú e da Academia Vila Forma, Silvio Pessoa, Presidente da FeBHA , morador e comerciante, Francisco Fidalgo, proprietário do 30seg bar e morador, Virgina Da Rin Produtora cultural empresaria e moradora do bairro, Rosa Villa Boas, Gestora do Teatro SESI e moradora, Vinci Silva, proprietário da Commons bar e morador, Tereza Paim, proprietária do Restaurante Casa de Tereza e moradora, Luis Ricardo Dantas, proprietários do Lalá Bar, Mauricio Faria, proprietário da Clínica veterinária, Luis Fernando Landeiro, da galeria Landeiro e morador, discutiram e se pronunciam sobre os seguintes temas, para os quais pedem pronunciamentos formais dos seguintes Órgãos:

Secr. Infra-estrutura e Defesa Civil, NM Construções, SEMOP e Transalvador , Secretaria de Cultura e Turismo, Fundação Mario Leal Ferreira.

Com a ressalva de que nem todos os comerciantes do bairro compareceram à reunião, segue o resumo do relatório elaborado por Tereza Paim, do restaurante Casa de Tereza, para que todos, mesmo os que não comparecem às reuniões, tenham condições de acompanhar o que está em discussão. Afinal, essa será um intervenção que vai afetar a todos: moradores, comerciantes e aqueles que visitam o nosso bairro.

1. DRENAGEM:
1.1. DRENAGEM DE RIACHO EMERGENTE EM CASAS DO RIO VERMELHO QUE GERAM ALAGAMENTOS EM VÁRIOS EMPREENDIMENTOS: queremos aqui notificar a existência de um riacho que segundo moradores antigos do Bairro, é resultante de uma lagoa que existia praça Pau Brasil, próximo ao Colégio Manuel Devoto, que tinha suas águas canalizadas para a antiga fábrica de papel que existia no espaço do atual Posto Chaminé, cursando por baixo de vários imóveis do Rio Vermelho, tais como Cia da Pizza, Casa de Tereza e Hotel Bahia Park. Esse riacho deságua perto da saída do Rio Camurijipe, sem entroncar no mesmo. Alertamos que esse riacho pode ser visto no quintal dos prédios da Osvaldo Cruz, fazem fundos com a Cia da Pizza (Praça Brig Faria Rocha), a céu aberto.
Pedimos que esse riacho seja contemplado na obra para sanar de vez esses alagamentos e ainda supomos que essas águas possam ser danosas ao piso inter-travado, uma vez que essas manilhas estão quebradas em vários pontos, sub-dimensionadas e com certeza emergirão por onde for mais fácil.
1.2. SAÍDA DO RIO CAMURUJIPE NO MAR: LAURO DA MARV, colocou que em reunião recente com a Superintendência da EMBASA-Esgotos, eles afirmam que NÃO é de responsabilidade deles, fazer a obra que contempla viabilizar o desague das águas do Rio Camurujipe na Praia, problema antigo do Bairro, responsável por vários alagamentos. O fato é que quando a maré enche e o Rio também sofre acréscimo de águas da chuva, o mesmo não consegue desagua e toda a água volta para a Praça Largo da Mariquita, que chega a ter água na altura de 1m. Muitos carros já deram perda total com esses fatos.

2. INÍCIO DAS OBRA e CRONOGRAMA DAS OBRAS
2.1. Pedimos de imediato a data de início das obras, acompanhada de um cronograma previsto de cada etapa e sub-etapas, para que todos tenham conhecimento dos bloqueios em suas ruas/estabelecimentos, viabilizando assim um planejamento dos empresários no que se refere às férias e eventos programados em seus estabelecimentos.

3. TRÁFEGO e ESTACIONAMENTO: Queremos de imediato, uma reunião com a TRANSALVADOR para discussão dos seguintes tópicos, no dia 27 de maio de 2015, às 17:00h no teatro do SESI e para isso pedimos confirmação por email:
3.1. Ações planejadas para o transito em cada etapa da obra, por exemplo, na sub-etapa1 da etapa 1, como será o desvio do trânsito, o que vai fechar, o que vai alterar?

3.2. Estacionamento: quais as áreas de estacionamento durante a obra e quais as áreas no pós-obra?

3.3. Como ficarão os pontos de Vallet? Será permitido ou desviado para pontos de concentração? Onde?

3.4. Carga e descarga: haverá fiscalização rígida dos horários pré-estabelecidos? Haverá bolsões pré-definidos para essa atividade? Onde? Como?

3.5. Foi pensado em algum novo bolsão de estacionamento?

3.6. Como solução de ampliação de áreas de estacionamento, pedimos que as duas quadras de esportes que serão destruídas para virar uma só quadra, fique como última coisa da obra e que uma das quadras sirva de estacionamento durante toda obra.
4. ILUMINAÇÃO PÚBLICA
4.1.1. Pedimos que a iluminação pública seja reforçada para garantir a segurança dos pedestres que deverão crescer muito em número durante a obra.

4.1.2. Reiteramos que a iluminação traz para os pedestres uma sensação de segurança e é imprescindível para nós.

4.1.3. A Rua do Canal precisa urgentemente de iluminação para se tornar atrativa como estacionamento.
5. PLANO DE COMUNICAÇÃO PARA INFORMAR SOBRE A OBRA
5.1. A comissão pede livre acesso à Agencia de Publicidade que está ocupada de desenvolver as campanhas de divulgação da obra. Queremos opinar nas peças publicitárias.

5.2. Queremos conhecer o plano de comunicação, opinar no plano de comunicação baseado no pressuposto que vivemos o bairro e como ninguém sabemos a cara que queremos mostrar ao nosso público.

5.3. Queremos transformar a obra em um atrativo de visitação – RIO VERMELHO LINDO – BOHEMIA, HOSPITALIDADE, DIVERSIDADE, ARTE, CULTURA, GASTRONOMIA E ALEGRIA é o que queremos mostrar e divulgar.
6. INTERVENÇÕES ARTÍSTICAS NOS TAPUMES:
6.1. pedimos que os Tapumes da Obra tenham intervenções artísticas com grafites alegres que tronem o bairro mais atrativo. Para isso informamos o telefone de Eder Muniz Grafiteiro profissional que pode encampar essa ação. Eder Muniz – 71 9151-6610.

6.2. Queremos durante a intervenção nos Tapumes montarmos uma Mobilização que inclua artistas, moradores, empresários, convidar o público pra participar.

6.3. Faremos uma comida ao vivo na rua, com vários restaurantes, traremos nossa famílias e estimularemos outras famílias do Bairro.

6.4. Mobilizaremos a imprensa com todas as Assessorias dos Estabelecimentos e Entidades do Bairro trabalhando em conjunto
7. DO PROJETO:
7.1. Queremos receber por email o projeto definitivo para ser mostrado à comunidade do Rio Vermelho
8. PLANO DE LIXO NA OBRA E PÓS OBRA
8.1. Como vai ser a coleta nas áreas obstruídas em cada etapa da obra? Existe um plano? Queremos ter conhecimento.

8.2. Haverá alteração dos horários? Queremos saber com antecedência dessas mudanças.

8.3. A obra prevê coletores enterrados? Onde? Qual a capacidade? Isso absorve o lixo doméstico do local onde a obra vai passar?

8.4. Existe um plano de coleta de lixo para os moradores para não voltarem a jogar sacos de lixo mal acondicionados nas ruas que muito sujam e enfeiam o Bairro?
9. PLANO DE OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS PÓS-OBRA

10. TRIBUTOS
10.1. Pedimos isenção/redução dos seguintes impostos Municipais, durante a obra: IPTU , TFF, TLF e ISS.

11. SEGURANÇA DURANTE A OBRA
11.1. Pedimos que seja estudado a possibilidade de deslocamento da Guarda Municipal para reforço da Segurança no Bairro
12. DA COMISSÃO
12.1. A comissão será composta de representantes dos vários segmentos atuantes no bairro, representada por:

Lauro da Mata Presidente da AMARV e morador do bairro, Antonio Portela Presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e similares, Proprietário da Companhia da Pizza e morador, Sara Cardoso, Proprietária do Hotel Catarina Paraguassú e da Academia Vila Forma, Silvio Pessoa, Presidente da FeBHA, morador e comerciante, Francisco Fidalgo, proprietário do 30seg bar e morador, Virgina Da Rin Produtora cultural empresaria e moradora do bairro, Rosa Villa Boas, Gestora do Teatro SESI e moradora, Vinci Silva, proprietário da Commons bar e morador, Tereza Paim, proprietária do Restaurante Casa de Tereza e moradora, Luis Ricardo Dantas, proprietários do Lalá Bar, Mauricio Faria, proprietário da Clínica veterinária, Luis Fernando Landeiro, da galeria Landeiro e morador

12.2. A Comissão informa que todos do Bairro são benvindos para discussão e inclusão de tópicos a serem intermediados com os Órgão de Governo da Prefeitura de Salvador, e para isso informará pelo Blog do Rio Vermelho, as datas dos encontros e que será franqueado acesso a toda e qualquer interessado no tema.

12.3. A Comissão dará os encaminhamentos formais dos temas discutidos em reuniões formais com os órgão de Governo e cobrará deles posições que serão repassadas pelo Blog do Rio Vermelho.

12.4. O BLOG do RIO VERMELHO será o nosso canal formal de comunicação com a comunidade de Salvador para todos os assuntos discutidos.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Concurso de beleza da PM escolhe Garota da Base 2015

"Eu vou continuar a minha vida normal, os meus estudos, crescer profissionalmente, sempre correndo atrás dos meus sonhos e acreditando no meu potencial", disse Mayra Almeida, que foi a vencedora do concurso Garota Base Comunitária de Segurança (BCS 2015), na noite de quarta-feira (20). Moradora do Nordeste de Amaralina, em Salvador, ela foi uma das 12 jovens que concorreram na disputa, promovida pela Polícia Militar.

As garotas representaram os bairros do Vale das Pedrinhas, Santa Cruz, Nordeste e Chapada do Rio Vermelho. O concurso teve em segundo lugar Bruna de Souza, também do Nordeste de Amaralina, em terceiro Larissa Estrela, de Santa Cruz e em quarto Bianca Bastos, do Vale das Pedrinhas.

Segundo a capitã Flávia Oliveira, responsável pela organização do concurso, a ideia teve como objetivo aproximar a comunidade da Polícia Militar. "É uma forma da gente oferecer um serviço de qualidade, aproximação e de aspecto cultural também para a comunidade. A ideia do projeto é a gente mostrar para a Bahia as potencialidades que o bairro Nordeste de Amaralina e os bairros adjacentes têm", opina. As premiações do concurso variam entre de bolsa de estudo de idiomas a kits de beleza e acessórios. Informação G1.

Forró do Rio Vermelho com Zelito Miranda e convidados no Póstudo

Forró do Rio Vermelho organizado pela AMARV terá apresentação de Zelito Miranda e convidados, dia 30 de maio das 16h às 20h no Póstudo Restaurante.